REGRAS DA FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE FOOTGOLF 2018

O Livro de Regras da FIFG (Federação Internacional de FootGolf) foi criado para melhorar a experiência do jogador, o profissionalismo e a justiça deste desporto.

 

O Comité de Regras da FIFG fez adições e emendas à versão original apresentada inicialmente aos Presidentes dos países membros de todo o mundo antes de ser aprovada pelo Conselho de Administração. Os membros do Comité de Regras continuam a trabalhar para tornar claras todas as definições.

 

O Livro de Regras da FIFG tornou-se oficial em todos os países membros da FIFG a partir de 1 de janeiro de 2019.

INDÍCE

PARTE 1 – INTRODUÇÃO

1-1 – Geral

1-1-1 O jogo de FootGolf

1-2 – Formas do jogo

1-2-1 Stroke Play

1-2-2 Match Play

1-2-3 Penalidade geral

1-3 – O Comité

1-3-1 Condições e suspensão de uma regra

1-3-2 Diretor de Torneio e Árbitro

1-3-3 O campo

1-3-4 Circunstâncias extremas

1-3-5 Horários de início e grupos

1-3-6 Cartão de pontuação

1-3-7 Decisão em caso de empate

1-3-8 Penalidade que envolva desqualificação – Consideração do Comité

1-3-9 Protestos e penalidades

1-3-10 Decisão do árbitro e/ou Comité

1-3-11 Suspensão / interrupção do jogo

1-3-12 Circunstâncias Especiais do Jogador

PARTE 2 – CÓDIGO DE CONDUTA DO JOGADOR

2-1 – Geral

2-1-1 Respeito pelo código de conduta

2-1-2 O espírito do jogo

2-1-3 Segurança

2-1-4 Atitude em relação a outros jogadores

2-1-5 Pontuação

2-1-6 Ritmo de jogo

2-1-7 Prioridade no campo

2-1-8 Cuidados com os bunkers

2-1-9 Danos causados ​​por calçado

2-1-10 Prevenção de danos desnecessários

2-1-11 Acordo sobre um jogo inválido

2-2 – Durante o jogo

2-2-1 Conhecimento das regras

2-2-2 Influenciar o movimento ou estado da bola

2-2-3 Hora de início

2-2-4 Estar preparado para jogar

2-2-5 Atraso indevido: jogo lento

2-2-6 Tempo para completar a rodada

2-2-7 Tempo do jogador

2-2-8 Conselhos

2-2-9 No Green

2-2-10 Buraco inacabado

2-2-11 Treino

2-2-12 Trocar/alterar a bola

2-2-13 Aspetos controversos

2-2-14 Pontuações discordantes

2-2-15 Falha ao completar a rodada

2-2-16 Validar a posição da bola

2-2-17 Problemas não estipulados nas regras

2-3 – Calçado e vestuário

2-3-1 Calçado e vestuário corretos

2-3-2 Troca de calçado e vestuário

2-3-3 Rematar descalço

PARTE 3 – DEFINIÇÕES

3-1 – Geral

3-1-1 Conselhos

3-1-2 Marcador de bola

3-1-3 Caddy

3-1-4 Comité

3-1-5 Equipamento

3-1-6 Agente externo / Fator externo

3-1-7 Honra

3-1-8 Marcador e jogador

3-1-9 Árbitro

3-1-10 Penalidade

3-1-11 Vocabulário usado

3-2 – As zonas de jogo

3-2-1 Condições de campo anormais

3-2-2 Bunker

3-2-3 Água casual

3-2-4 Campo

3-2-5 Drop Zone

3-2-6 Fairway

3-2-7 Mastro ou pino

3-2-8 Green

3-2-9 Terreno em manutenção

3-2-10 Buraco

3-2-11 Obstáculo imóvel

3-2-12 Obstruções soltas

3-2-13 Obstáculo móvel

3-2-14 Fora dos limites

3-2-15 Estacas (branco, vermelho / amarelo, azul, outros)

3-2-16 Tee

3-2-17 Perigo de água ou áreas de penalidade (frontal – amarelo e lateral – vermelho)

3-2-18 Green errado

3-2-19 Buraco errado

3-3 – Sobre a bola

3-3-1 Bola

3-3-2 Bola ‘em jogo’

3-3-3 Bola ‘dentro’

3-3-4 Bola ‘marcada’ e substituída

3-3-5 Bola perdida

3-3-6 Bola movida

3-3-7 Posições da bola

3-3-8 Bola provisória ou temporária

3-3-9 Bola de substituição

3-3-10 Bola errada

3-4 – Sobre o remate

3-4-1 Dar vantagem

3-4-2 Linha de jogo pretendida

3-4-3 Dropping

3-4-4 Ponto equidistante

3-4-5 Hazard Kick

3-4-6 Interferência

3-4-7 Ponto de alívio mais próximo

3-4-8 Posição do remate anterior

3-4-9 Linha de Putt

3-4-10 Remate ou Chuto

3-4-11 Postura e preparação

PARTE 4 – SITUAÇÕES DE JOGO

4-1 – Geral

4-1-1 Melhorar a posição

4-1-2 Construir uma posição

4-1-3 Procurar a bola

4-1-4 Jogar (bola, caminho, posição)

4-1-5 Marcar a bola

4-1-6 Marcador de bola perdido ou movido

4-1-7 Agarrar a bola

4-1-8 Limpar a bola

4-1-9 Bola não jogável

4-1-10 Bola danificada ou perdida

4-1-11 Ordem de jogo

4-1-12 Fora dos limites

4-1-13 Bola parada movida

4-1-14 Bola desviada ou intercetada

4-2 – O Tee

4-2-1 Colocar a bola e chutar

4-2-2 Utilização do Tee

4-2-3 Marcadores do Tee

4-2-4 Obstrução na linha de jogo pretendida

4-2-5 Jogar do tee errado

4-3 – As áreas de penalidade

4-3-1 Geral

4-3-2 Área de penalidade amarela (perigo de água frontal)

4-3-3 Área de penalidade vermelha (perigo de água lateral)

4-4 – O Bunker

4-4-1 Bola ou jogador dentro do bunker

4-4-2 Bola fora do bunker

4-4-3 Várias bolas no bunker

4-4-4 Remexer o bunker

4-4-5 Água ocasional no bunker

4-5 – Green, Fairway e Rough

4-5-1 Obstruções

4-5-2 Tocar na linha de putt ou na linha de jogo pretendida

4-5-3 Regra dos dez segundos

4-5-4 Bola no campo de golfe ou num terreno em manutenção

4-5-5 Marcação no Green

4-5-6 Manuseamento da bandeira

PARTE 1
INTRODUÇÃO

1-1 Geral

1-1-1 O jogo de FootGolf

O jogo de FootGolf consiste em jogar uma bola com o pé desde o ponto de partida (normalmente denominado de “zona de tee”, delimitado por dois pontos devidamente identificados) até que a bola esteja dentro do buraco, com um ou mais remates, de acordo com as regras dispostas neste documento.

É jogado em campos de FootGolf, com 9 ou 18 buracos de diferentes comprimentos e com um número esperado de remates necessários para finalizá-los (definido como PAR – mín. 3 e máx. 5).

Ao longo dos buracos, os jogadores podem enfrentar obstáculos, como obstáculos de água e bunkers, antes de chegarem ao Green.

O green é a área onde está o buraco, normalmente chamada de “Zona de Green”( área delimitada ou não e com um raio de 3 metros em volta do buraco).

O Comité ou autoridade local determinará os limites de campo, perigos, pontos de partida, percursos e localização dos buracos.

Os buracos obrigatoriamente, terão de ser jogados consecutivamente a partir da posição inicial, caso contrário os jogadores serão desclassificados.

 

1-2 – Formas do jogo

1-2-1 Stroke Play

Uma competição Stroke Play significa que os jogadores terminam cada seção de uma rodada ou rodadas definidas e, em relação a cada rodada, devolvem os seus cartões de pontuação, nos quais os valores brutos de todas as seções são indicados.

Neste tipo de competição, todos os jogadores jogam contra todos os outros jogadores.

O jogador que completa a rodada ou rodadas definidas com o menor número de remates é o vencedor.

 

1-2-2 Match Play

Num Match Play, uma das partes joga contra a outra em determinada rodada. O jogo é jogado com base em seções (buracos). Exceto se as regras estipularem o contrário, ganha a secção quem conseguir colocar a bola no buraco com o menor número de remates.

 

1-2-2.1 Match Play ‘estilo golfe’

A avaliação do estado da partida é feita com as seguintes expressões: “holes up”

(vantagem na seção), “all square” (empate) ou “to play” (secções que faltam jogar).

O jogador é declarado “dormie” se estiver a liderar o jogo com um número de seções igual ao número de seções que faltam jogar.

Seção cortada pela metade (Halved Section)

Uma seção é declarada empatada, sem soma ao resultado se todas as partes colocarem a bola no buraco com o mesmo número de remates.

Vencedor da partida

A partida é considerada ganha se uma das partes liderar com um número maior de seções do que o número de seções que faltam jogar. Se houver empate, o Comité pode aumentar a rodada definida com o número de seções que for necessário para haver um vencedor. (Cabe  ao comité decidir os buracos ou a forma de desempate, desde que baseada em jogo jogado)

 

 

1-2-2.2 Match Play ‘estilo futebol’

Em vez de haver “holes up” numa secção, o vencedor de cada seção recebe um ponto. Neste caso, todos os 18 buracos são jogados, resultando numa pontuação semelhante ao jogo de futebol (exemplo:7-4). Isso é conhecido como “Vencer um buraco, marcar um golo” ou ‘Win a hole, score a Goal’ match play.

Seção cortada pela metade (Halved section):

Uma seção empatada significa que ninguém fez um golo e não soma qualquer valor ao resultado.

Vencedor da partida:

A partida é considerada ganha quando uma das partes, no final dos 18 buracos, tiver o maior número de seções ganhas.

A pontuação será registada após todos os 18 buracos serem jogados. Exemplo: Jogador A ganha 7 buracos, Jogador B ganha 4 buracos, resultado da partida 7-4.

 

1-2-2.3 Conceder uma partida, seção ou o próximo remate

O jogador pode conceder um buraco em qualquer momento antes de começar ou terminar o buraco em questão.

Essa concessão não pode ser rejeitada ou retirada.

Um jogador tem o direito de ‘terminar’ o buraco após uma concessão.

 

1-2-3 Penalidade geral

A penalidade por infringir qualquer regra é de +1 remate, exceto nos casos em que seja regulamentado de outra forma. Uma penalidade será infligida para cada violação de uma regra e pode ser aplicada para buracos que já foram completados. Se um incidente não tiver sido observado de imediato, e ter havido uma denuncia reportada ao comité antes da classificação oficial final ser atribuída e tornada pública.

 

1-3 – O Comité

1-3-1 Condições e suspensão de uma regra

O Comité deve estabelecer as condições sob as quais a competição será disputada, incluindo o formato e eventuais regras locais. Uma regra local é uma regra adicional que o Comité pode introduz, se necessário, e devido às condições/características específicas do campo de FootGolf, ou outras que entenda por melhor para o bom funcionamento do evento.

O Comité não está autorizado a suspender uma regra de FootGolf, a menos que as condições exijam que tal seja necessário para a continuação do jogo. Isso deve ser aprovado pelo Comité de Regras da FIFG e comunicado em conformidade.

 

1-3-2 Diretor de Torneio e Árbitro

Para cada evento de qualificação, o organizador deve designar um ou mais diretores e árbitros responsáveis pelo torneio, que tomarão todas as decisões para promover o bom desenrolar da competição. Eles são responsáveis por verificar o estado do campo e a localização dos tees antes do início dos grupos. Monitorizam o progresso dos grupos, intervêm em caso de jogo lento e estão autorizados a emitir sanções.

 

1-3-3 O Campo

O campo deve ser preparado para que haja uma quantidade igual de tacadas jogáveis ​​para todos os tipos de jogadores. Em certas situações, zonas de tee adicionais serão fornecidas para categorias declaradas de jogo (por exemplo, senhoras ou crianças).

Os jogadores não podem competir numa categoria geral quando há diferentes/várias zonas de tee  em jogo (por exemplo, um sénior não pode competir contra homens se estiverem a jogar numa posição do tee mais avançada)

 

1-3-4 Circunstâncias extremas

Em caso de danos ou circunstâncias extremas, o Comité pode determinar um novo buraco em local semelhante ao original (somente antes do início da rodada). Se durante uma rodada um buraco se tornar impossível de jogar, o Comité pode permitir que os grupos não joguem o(s) buraco(s) cancelado(s) para preservar o progresso regular do jogo, concedendo a pontuação de PAR para todos os jogadores, não importando se o(s) buraco(s) foi efetivamente jogado ou não por algum grupo. Além disso, o Comité pode suspender ou interromper o jogo devido a condições de impossibilidade de jogo momentânea ou permanente, determinando a suspensão, adiamento ou anulação.

 

1-3-5 Horários de início e grupos

O Comité determina os horários de início e cria os grupos nos quais os jogadores devem jogar. Se uma competição é disputada em várias rodadas, a Comissão deve determinar o tempo limite antes do qual todas as rodadas devem ser concluídas.

 

1-3-6 Cartão de pontuação

O Comité será obrigado a fornecer um cartão de pontuação a cada jogador, que contém a data e o nome do jogador e do marcador ou, no caso de jogo em equipa, os nomes das equipas.

 

1-3-7 Decisão em caso de empate

O Comité é obrigado a relatar de que forma, em que dia e a que horas tomará uma decisão relativa a um jogo empatado.

Se for usada uma abordagem às cegas (blind approach), o ponto de desempate deve ser pré-determinado e estar disponível para todos os jogadores, com uma localização justa para todos os tipos de jogador em competição. O Jogador ou Jogadores que estejam na disputa de posição/lugar, não podem nem devem ter acesso visual e ou sonoro a qualquer circunstancia/situação que lhe traga conhecimento ou beneficio em relação ao primeiro Jogador a jogar.

Se forem usados putts de penalidade, a distância deve ser entre 5 e 10 metros e cada jogador joga 5 putts alternados, seguidos de morte súbita até que um resultado seja alcançado.

 

1-3-8 Penalidade que envolva desqualificação – Consideração do Comité

Se o Comité considerar que um jogador é culpado de violação grave da etiqueta, pode aplicar a penalidade de desqualificação.

A pena de desqualificação pode ser suspensa ou modificada em alguns casos extraordinários e únicos, se o Comité considerar razoável. Quaisquer outras penalidades, que sejam menos graves que a desclassificação, não podem ser suspensas ou modificadas.

 

1-3-9 Protestos e penalidades

Se a competição já tiver terminado, nenhuma penalidade será cancelada, modificada ou aplicada. As pontuações são consideradas finais quando são assinadas pelo marcador e pelo jogador no cartão de pontuação e entregues ao Comité.

Exceções: uma penalidade será aplicada após o fim da competição se houver qualquer evidência de infração, incluindo filme, a qual deverá ser submetida ao Comité do torneio num prazo de 30 dias.

É considerada infração se:

– o jogador violou uma regra básica de comportamento e fair-play

(Desqualificação para o jogador e +1 remate para o marcador)

– se marcou no cartão de pontuação um resultado inferior ao que realmente teve em qualquer uma das seções.

(Desqualificação para o jogador e +1 remate para o marcador)

– o jogador ignorou uma regra devido ao seu próprio desconhecimento do livro de regras. (+1 remate no buraco onde ocorreu a infração OU desclassificação. Além disso, o marcador pode receber uma penalidade por não intervenção)

– o marcador ignorou uma regra contra o seu jogador devido ao desconhecimento do livro de regras. (+1 remate de penalidade no buraco onde ocorreu a infração. Isso é considerado ‘mau conselho’ ou não intervenção)

 

Se for apresentado um protesto, o Comité deverá tomar uma decisão o mais rápido possível, para garantir que o problema seja resolvido. Os jogadores não podem acordar em ignorar qualquer uma das regras, ou desconsiderar qualquer uma das penalidades emitidas; se ainda assim o fizerem, a penalidade pelo incumprimento da regra, incluindo desclassificação, será aplicada sem qualquer limitação de tempo.

Caso a questão não seja resolvida entre o Comité Organizador e o jogador reclamante, ambos podem apresentar um pedido ao Comité de Regras da FIFG para que este possa expressar a sua opinião sobre a justiça da decisão apresentada. Caso não seja possível chegar a uma decisão, o Tribunal Arbitral do Desporto pode ser consultado. O jogador pode apresentar um protesto no prazo máximo de 30 dias.

 

1-3-10 Decisão do árbitro e/ou Comité

Se um árbitro for nomeado pelo Comité, a decisão dele será considerada final.

No caso de falta de um árbitro, em qualquer questão discutível ou duvidosa, os jogadores devem entrar em contato com o Comité e a sua decisão será final.

 

1-3-11 Suspensão / interrupção do jogo

Os jogadores podem interromper o jogo apenas se:

– A suspensão é ordenada pelo Comité com uma sirene ou uma notificação. Neste caso, os jogadores devem deixar o campo e dirigir-se ao Club House, aguardando a próxima comunicação do Comité.

– Um jogador tem uma indisposição inesperada (por exemplo, lesão) e pede ajuda / suporte ao Diretor do Torneio ou ao árbitro. O jogo deve continuar sem demora, pelo que o grupo atrás (apenas um) deve ser chamado para continuar o jogo e quando tiver completado o buraco, o grupo ultrapassado deve reiniciar o seu jogo. Se depois disso o jogador continuar a não estar pronto para jogar, receberá uma pontuação PAR +10 (Exemplo: num Par 3, o jogador registará 13) para aquele buraco e cada buraco seguinte perdido. Se não houver grupos a seguir (exemplo: o jogador está no grupo final), o jogador tem no máximo 15 minutos para se recompor.

– Há um claro problema de segurança que torna impossível continuar o jogo. Os jogadores devem informar o Director do Torneio ou árbitro. Se o jogo for suspenso pelo Comité, os jogadores do grupo podem optar por terminar o buraco (desde que as condições respeitem os parâmetros de segurança) ou marcar as bolas nas suas posições. Ainda assim, devem dirigir-se ao Club House o mais rápido possível. A decisão deve ser tomada de acordo com os jogadores que estão a jogar o buraco e a maioria prevalece. Em caso de empate (por exemplo, 2 contra 2 num grupo de 4 jogadores), aplica-se a decisão que garanta maior segurança, ou seja, os jogadores devem marcar a bola e deixar o campo imediatamente.

 

No caso de interrupção do jogo por mau tempo, escuridão ou qualquer outro motivo levado em consideração pela organização, será considerado válido o seguinte:

os primeiros 15 buracos se todos os jogadores os jogaram.

os primeiros 12 buracos se todos os jogadores os jogaram.

os primeiros 9 buracos se todos os jogadores os jogaram.

No caso de uma competição “shotgun”, o número mínimo de buracos completados por todos os jogadores será válido.

Se nem todos os jogadores jogaram pelo menos 9 buracos, a ronda deve ser considerada inválida.

 

1-3-12 Circunstâncias Especiais do Jogador

No caso de um jogador ter uma circunstância especial que requeira a adaptação das regras do torneio, a decisão é do Comité.

PARTE 2
CÓDIGO DE CONDUTA DO JOGADOR

2-1 – Geral

2-1-1 Respeito pelo código de conduta

Os capítulos seguintes fornecem instruções básicas de comportamento e conduta para jogar FootGolf corretamente. Se essas instruções forem seguidas, cada jogador aproveitará o desporto no seu melhor.

A regra fundamental é que, durante o jogo, o respeito seja mostrado a todos os jogadores em todos os momentos, sem exceções. O desrespeito contínuo a essas diretrizes resultará na desqualificação do jogador responsável.

A FIFG adota uma política rígida de conduta em todos os torneios de FootGolf, bem como no que toca a comentários nos Media e nas redes sociais. Qualquer conduta considerada não profissional e/ou prejudicial para a própria FIFG ou para uma organização de um país membro do FIFG está sujeita a ação disciplinar.

 

As ações que violam esta conduta incluem, mas não estão limitadas a:

– Comportamento ou linguagem abusivo ou ameaçador, mesmo através das redes sociais

– Jogar ou chutar a bola com raiva

– Destruição deliberada, abuso ou vandalização de propriedade, incluindo vida animal e vegetal

– Ignorância contínua de etiqueta em campo

– Fumar no campo durante torneios, incluindo cigarros eletrônicos

– Falha em alisar o bunker após o jogo

– Ouvir música durante o jogo (incluindo por auscultadores)

– Usar roupas com logotipos de uma organização FootGolf não filiada à FIFG

Penalidade: uma infração= +1 chute, duas infrações = desclassificação

 

Atividades que violem quaisquer leis, regulamentos ou regras do campo de FootGolf podem resultar numa ação disciplinar. O Diretor do Torneio e/ou o Comité têm o poder de desqualificar um jogador com base na gravidade da conduta ofensiva.

Além disso, a seguinte conduta não é aceitável:

– Posse de substâncias ilegais

– Posse e consumo de álcool desde o início do jogo até à entrega do cartão de pontuação

– Abuso de álcool no local do torneio

– Falha ou recusa em aplicar as regras do FootGolf ou cooperar com os oficiais do torneio, equipe anfitriã ou competidores, incluindo comportamento agressivo ou abusivo

– Fazer batota

Penalidade: uma infração = desclassificação.

 

Observação: a FIFG segue uma política de tolerância zero em relação ao uso de drogas ou substâncias ilegais. Qualquer jogador que violar esta política durante um evento da FIFG será imediatamente desclassificado.

 

2-1-2 O espírito do jogo

O FootGolf é jogado, na maioria das vezes, sem a supervisão do árbitro. O jogo é baseado na integridade do indivíduo e no respeito pelos outros jogadores e pelas regras. Todos os jogadores devem comportar-se de forma disciplinada, mostrando gentileza e espírito desportivo, independentemente do seu nível de competitividade. Um jogador que cometa uma penalidade deve informar o seu marcador o mais rápido possível. Recomenda-se também ao marcador que, em caso de dúvida em relação a um ponto, fale com o jogador no momento. Este é o espírito do FootGolf.

 

2-1-3 Segurança

Os jogadores devem certificar-se de que ninguém está perto ou numa posição onde possa magoar-se quando o remate for executado. Os jogadores não devem jogar até que todos os jogadores estejam fora de seu alcance. Os jogadores também devem avisar os observadores do percurso que estejam próximos ou à frente deles, quando estiverem prestes a realizar um remate que possa colocá-los em perigo. Além disso, os jogadores devem sempre agir de forma a preservar a sua segurança e a de qualquer outra pessoa, evitando atos perigosos (por exemplo, mergulhar em lagos para recuperar a bola).

 

2-1-4 Atitude em relação a outros jogadores

Não incomodar ou distrair os adversários. Os jogadores devem sempre mostrar consideração para com os outros jogadores e não devem perturbar o jogo movendo-se, falando ou fazendo barulho desnecessário. Os jogadores devem certificar-se de que quaisquer dispositivos eletrónicos trazidos para o jogo não distraem os outros jogadores. No tee inicial, o jogador não deve colocar a bola até que seja sua vez de jogar. Os jogadores não devem ficar perto ou atrás da bola ou do buraco quando outro jogador estiver para jogar. É proibido deixar a zona do tee até que todos os jogadores tenham jogado, a menos que seja para marcar uma bola. Também é proibido sair do green até que todos os jogadores tenham colocado a bola no buraco.

Primeira infração = Aviso;

Segunda e seguintes infrações = +1 remate por cada uma.

 

2-1-5 Pontuação

O jogador “marcador” deve controlar o jogo e a quantidade de remates de seu “jogador” designado, além de quaisquer penalidades que tenha sofrido. O “marcador” será atribuído antes do início do jogo e não pode ser alterado depois de iniciado (exceção feita no caso de deserção, desistência ou abandono de um jogador).

É aconselhável fazer uma verificação geral dos cartões fora do green cada vez que todos terminam de jogar um buraco, bem como no final do jogo, antes de assinar e entregar o cartão de pontuação ao Comité. A pontuação em cada buraco individual é a única pontuação que conta. O total deve ser calculado e verificado pelo Comité do Torneio.

O jogador e o marcador são responsáveis pelo cartão de pontuação. Quaisquer erros podem resultar em penalidade para um ou ambos.

 

2-1-6 Ritmo de jogo

Deve jogar-se em bom ritmo até o fim do jogo. O Comité pode estabelecer orientações sobre o ritmo de jogo que os jogadores devem manter. É responsabilidade do grupo manter a sua posição, considerando que pode haver outros grupos atrás. Se o grupo da frente faz os outros grupos esperarem, deve deixar os outros passarem e jogarem o buraco, independentemente do número de quantos jogadores que possa ter.

 

2-1-7 Prioridade no campo

Exceto quando o Comité disser o contrário, a prioridade no campo é determinada pelo ritmo de jogo de um grupo. Qualquer grupo que está a jogar uma ronda completa (o número de buracos considerados para jogar a competição) tem o direito de ultrapassar outro grupo que está a jogar uma ronda mais curta. O termo “grupo” também se aplica a um único jogador.

 

2-1-8 Cuidados com os bunkers

Antes de deixar um bunker, os jogadores devem alisar todas as imperfeições que eles ou outras pessoas possam ter feito. Se houver um ancinho disponível perto do bunker, ele deve ser usado.

Penalidade por não alisar o bunker antes do próximo remate: +1 chuto.

 

2-1-9 Danos causados por calçado

Quando o buraco for terminado, todas as imperfeições no campo causadas pelo calçado dos jogadores devem ser reparadas.

Os jogadores devem reparar os danos que causaram no percurso com cuidado, incluindo pedaços de relva solta, pegadas ou qualquer outra falha no campo causada pela bola ou pelo jogador.

Por cada  infração = +1 chuto

 

2-1-10 Prevenção de danos desnecessários

Os jogadores devem evitar causar danos ao campo quando fazem os seus remates ou quando batem com os pés (por raiva ou qualquer outro motivo). Os jogadores não devem ficar muito perto do buraco para evitar danificá-lo e devem agir com cuidado ao manusear a bandeira ou ao tirar a bola do buraco. A bandeira deve ser recolocada corretamente no buraco antes de os jogadores deixarem o green. Os jogadores não devem ajoelhar-se perto do buraco e não devem ficar na linha de putt dos outros jogadores. Isso é considerado falta de etiqueta.

Primeira infração = Aviso

Por cada infração seguinte = +1 chuto

 

2-1-11 Acordo sobre um jogo inválido

Os jogadores não podem acordar em ignorar qualquer regra ou não levar em consideração quaisquer penalidades emitidas. Se o jogador não estiver disposto a cumprir uma regra que diz respeito aos direitos do outro jogador, pode ser desqualificado da competição. Os jogadores podem ser penalizados por má conduta durante ou depois do jogo. Poderá ser aplicado um procedimento disciplinar após a conclusão da ronda/torneio, tal como desqualificação ou proibição de competir, e ainda perda da taxa de inscrição ou prémios do torneio.

 

2-2 – Durante o jogo

2-2-1 Conhecimento das regras

O jogador é responsável por garantir que tem um conhecimento adequado das regras do jogo e das definições e expressões usadas no FootGolf. Um jogador ou marcador que der um mau conselho (por exemplo, decisão incorreta ou não intervenção) será penalizado com +1 de penalidade para cada infração. A não intervenção só diz respeito ao marcador do jogador, e não ao próprio jogador.

 

2-2-2 Influenciar o movimento ou estado da bola

Um jogador não deve agir de modo a influenciar o movimento da bola ou alterar as condições físicas da mesma com a intenção de afetar o jogo.

Penalidade aplicada: +1 remate.

Exceção: Mover equipamento pertencente a qualquer jogador para evitar colisão com a bola (Regra 4-1-14)

Além disso, um jogador não pode mover equipamentos ou barreiras para parar o movimento da bola.

Penalidade: desqualificação.

 

Exceção: No caso de uma bola ser chutada em direção a um obstáculo de água, fora de campo ou outras zonas onde o jogador sabe que a sua bola será difícil de recuperar, pode solicitar que outro jogador ou espetador pare a bola antes desta entrar nessas áreas e proceder de acordo com para as regras a aplicar, para minimizar a perca de tempo.

 

2-2-3 Hora de início

É responsabilidade dos jogadores recolherem o seu cartão de pontuação e estarem prontos no tee inicial designado à hora de início designada. Os jogadores que chegarem após o primeiro remate do grupo receberão uma pontuação de PAR +10 (Exemplo: Em um Par 3 o jogador registará 13). Quaisquer buracos subsequentes seguirão a mesma regra.

 

2-2-4 Estar preparado para jogar

Os jogadores devem estar prontos para jogar assim que chegar a sua vez. Quando cada jogador termina de jogar um buraco, todos os jogadores devem deixar o green imediatamente.

O jogador recebe uma penalidade por jogo lento se não estiver pronto para jogar.

 

2-2-5 Atraso indevido: jogo lento

O jogador deve jogar sem atrasos indevidos e de acordo com o ritmo de jogo que o Comité tenha estabelecido. Entre o fim de um buraco e a preparação para o próximo, o jogador não deve atrasar o jogo indevidamente. O árbitro ou um adversário, caso o árbitro não esteja presente, deve avisar o jogador que está a atrasar indevidamente o jogo (de acordo com o tempo estipulado pelo Comité). Caso o jogador continue com o atraso, a penalidade por infração desta regra será aplicada. Considera-se que um grupo está com “mau ritmo” se houver um buraco livre entre dois grupos. É importante que o grupo acompanhe os jogadores que estão na frente e NÃO apenas seguir à frente dos jogadores que estão atrás.

 

2-2-6 Tempo para completar a rodada

Cada grupo terá um tempo específico para completar a rodada de acordo com a tabela de tempo (início do jogo). Quando um grupo fica para trás, deve recuperar a sua posição. O tempo para decisões e caminhada é incluído no tempo estipulado e calculado.

Quando um grupo leva mais do que o tempo designado para terminar um buraco, diz-se que está “fora de posição”. Quando um grupo está fora de posição num checkpoint, será notificado pelo diretor do torneio/ árbitro e receberá um aviso inicial. Espera-se que recupere a sua posição no próximo checkpoint. Se no próximo checkpoint o grupo ainda estiver fora de posição, o receberá um aviso final e o diretor do torneio/árbitro seguirá aquele grupo.

Se algum jogador do grupo verificar que um colega de grupo não está a responder aos avisos, pode pedir um árbitro para acompanhar o grupo e cronometrar cada jogador. O árbitro deve cronometrar de acordo com os tempos habituais de cada jogador.

 

2-2-7 Tempo do jogador

No caso de um único jogador estar a jogar devagar, o árbitro deve cronometrar todos os jogadores envolvidos e decidir o tempo gasto para calcular distâncias, o alinhamento ou a tomada de decisões está a acima do expectável. O tempo começa a contar assim que o primeiro jogador chegar à sua bola ou assim que o remate anterior tenha sido executado.

Primeiro jogador: tem 60 segundos de cada zona do campo, quando a bola está parada.

Jogadores subsequentes: têm 40 segundos de cada zona do campo, quando a bola está parada.

 

Qualquer jogador que não faça um esforço para colocar o grupo de volta ao ritmo esperado receberá uma penalidade (exemplos disso incluem conversar com outros jogadores que não estão no seu grupo e/ou marcar no green em vez de no tee seguinte).

Penalidades em caso de jogo lento:

1º Aviso inicial para o grupo com ‘mau ritmo’

2º Aviso final ao grupo ou jogador

3º Penalidade para o jogador ou jogadores +1 remate

4º Desqualificação do jogador

 

2-2-8 Conselhos

Durante uma ronda o jogador pode dar, receber e solicitar conselhos a alguém que esteja a jogar no mesmo grupo.

Um jogador pode solicitar a qualquer um que lhe indique a linha de jogo; no entanto, durante a execução do remate, ninguém pode ficar parado nessa linha ou numa extensão para lá do buraco, nem mesmo se o jogador lhe pedir. Qualquer marca colocada pelo jogador ou com o seu conhecimento para indicar a linha de jogo, deve ser retirada antes que o remate seja executado.

O jogador que solicitar ou der um conselho a alguém de fora do grupo, recebe uma penalidade de +1. O jogador ou marcador que der um mau conselho (por exemplo, decisão incorreta ou não intervenção) recebe  +1 de penalidade para cada vez que o fizer.

 

2-2-9 No Green

No Green os jogadores não podem ficar na linha de putt de outro jogador (atrás ou à frente) ou fazer sombra na linha de putt enquanto o jogador executa o remate.

Os jogadores devem permanecer perto do green até que todos os outros tenham acabado de jogar o buraco.

Penalidades em caso de jogador se colocar na linha de putt:

1º Aviso inicial ao jogador

2º Penalidade para o jogador ou jogadores +1 remate

3º Desqualificação

Exceção: Em eventos de equipa, um parceiro pode colocar-se na linha de putt.

 

2-2-10 Buraco Inacabado

Se um jogador, em qualquer buraco e, ou forma de jogo, não encaminhar a sua bola para dentro do buraco em 10 chutos e ou abandone o buraco, receberá como pontuação desse ou desses buraco/s a PAR +10 (Exemplo: num Par 3, o jogador registará 13)

 

2-2-11 Treino

Antes ou entre as rondas

Antes de uma competição, os jogadores não podem treinar em nenhuma zona do campo. Caso seja permitido, a organização do torneio informará quais as zonas e os horários disponíveis para treinos. Sempre que o treino for permitido, será claramente indicado pelo Comité.

Considera-se treino jogar em qualquer parte do campo de FootGolf que seja o campo de competição, ou chutar a bola ao longo do percurso (por exemplo, em competições shotgun). Sempre que não estão a jogar e enquanto caminham ao longo do campo os jogadores devem sempre ter a bola na mão.

 

Durante uma ronda

Um jogador não deve fazer remates de treino durante o jogo, nem entre os buracos. Repetir um remate é considerado treinar, em qualquer buraco.

Quando a bola é retirada do buraco não pode ser chutada para longe ou para o próximo buraco.

Nota: A penalidade para cada situação de treino ou infração mencionada anteriormente é = +1 remate.

 

2-2-12 Trocar/alterar a bola

Um jogador não pode trocar ou alterar a bola (por exemplo, a pressão) durante um buraco, mas pode fazê-lo entre os buracos. Exceções feitas para bola perdida, bola furada, provisória ou de reposição.

 

2-2-13 Aspectos controversos

No Stroke Play, no caso de haver uma situação que os jogadores não sabem resolver, devem consultar qualquer autoridade do torneio ou qualquer membro do Comité de Regras. Se isso não for possível sem atrasar o jogo, devem jogar as duas “situações de jogo” possíveis, jogando das formas diferentes que estão a causar a discordia ou os diferentes pontos de vista. Isto significa que os jogadores devem jogar com e sem aplicar a regra que julgam ser a formula correta para resolver a controvérsia e, em seguida, devem escrever o resultado (chutos) referentes a cada situação do jogo para discuti-la posteriormente ao apresentar os cartões de pontuação.

No Match Play, em caso de dúvida ou disputa, qualquer jogador pode iniciar um protesto a qualquer momento. O protesto deve ser submetido antes que um dos jogadores continue o jogo do próximo local de remate, ou (se for a última seção da partida) antes que qualquer um dos jogadores deixe o green. Se não for possível encontrar uma pessoa autorizada para resolver a questão dentro de um prazo razoável, os jogadores devem continuar com o jogo sem qualquer demora, remetendo a decisão final para o final do jogo e ou reunião com o arbitro.

O Comité só pode levar em consideração o protesto após o final da partida caso o jogador que o apresentou tenha informado todos os jogadores do seu grupo:

– durante o jogo, o fato de querer apresentar um protesto

– no final do jogo, o fato de ter apresentado um protesto

– descrição da situação

– a sua intenção de receber uma decisão sobre o assunto.

Nota: Um protesto não pode ser feito após o cartão de pontuação oficial ter sido assinado e entregue ao Comité.

 

2-2-14 Pontuações discordantes

Caso haja pontuações discordantes quando o cartão de pontuação assinado for entregue ao Comité, devem aplicar-se as seguintes penalidades:

– A pontuação registada é mais baixa do que o jogador realmente marcou = desqualificação e +1 para o marcador

– A pontuação registada é mais alta do que o jogador realmente marcou = recontagem de pontuação.

 

O jogador e o marcador são responsáveis pelo cartão de pontuação. O Comité do Torneio calculará a pontuação de cada buraco e o total final com base neste valor.

 

2-2-15 Falha ao completar a ronda

Os jogadores podem interromper o jogo se acharem necessário (por exemplo, lesão, indisposição, etc.). Os jogadores restantes devem reorganizar os seus cartões de pontuação para garantir que estão organizados de acordo com as regras.

 

2-2-16 Validar a posição da bola

O jogador pretenda interferir na posição da sua bola fora do procedimento padrão de marcação da bola (por exemplo, para continuar o jogo após a sua bola ter sido movida ou desviada por uma agente externo), deve ter sempre a aprovação prévia dos outros jogadores do grupo.

 

2-2-17 Problemas não estipulados nas regras

No caso de qualquer questão não coberta pelas regras, deve consultar-se a autoridade do torneio, cuja decisão será tomada dentro do espírito de justiça. Qualquer decisão será tomada tendo em consideração se o jogador está a tentar ganhar ou obter uma vantagem.

 

 

2-3 – Calçado e vestuário

2-3-1 O calçado e vestuário corretos

O calçado correto para jogar FootGolf deve ser exclusivamente desenhado para AstroTurf ou desporto indoor. Não é permitido calçado de golfe, calçado com tração e calçado com ponta reforçada/modificada. Pitons de qualquer tipo não são permitidos.

Em torneios oficiais da FIFG, o vestuário correto é:

– calções estilo golfe (calções ou saia para mulheres)

– camisa de gola

– meias compridas que devem ser usadas até o joelho o tempo todo.

Além disso, o vestuário deve estar de acordo com o os hábitos dos anfitriões, incluindo a sede do clube. O Comité do Torneio é responsável por essas diretrizes. Roupas específicas para o clima são permitidas.

Um jogador que use calçado ou vestuário incorreto no campo ou na sede do clube pode ser desqualificado.

 

2-3-2 Troca de calçados e vestuário

Um jogador pode mudar de calçado ou vestuário apenas entre os buracos, a menos que este esteja danificado, e desde que o jogo não seja atrasado. Se durante um jogo, o calçado de um jogador for danificado, o jogador pode usar o calçado danificado até o jogo terminar, repará-lo ou substituí-lo por qualquer outro calçado dentro do parâmetro permitido, mas não pode continuar descalço.

 

2-3-3 Rematar descalço

Um jogador não pode tirar os sapatos em nenhuma jogada. A penalidade será de +1 e repetir o remate.

PARTE 3
DEFINIÇÕES

3-1 – Geral

3-1-1 Conselhos

“Conselho” é qualquer sugestão ou recomendação que possa influenciar a forma como um jogador decide jogar ou executa uma jogada. Informações sobre as regras, distâncias ou questões de domínio público, como a posição dos obstáculos ou a bandeira do green, também são consideradas conselhos.

Consulte a Regra 2-2-8.

 

3-1-2 Marcador de bola

É um objeto usado para definir a localização da bola quando ‘marcada’ ou ‘agarrada’. Deve ser cilíndrico e plano e não pode ter mais de 60 mm de diâmetro e 5 mm de altura

Nota: Um jogador não pode começar o jogo com um marcador irregular.

 

3-1-3 Caddie

O Caddie é uma pessoa autorizada que acompanha o jogador durante o jogo, podendo aconselhá-lo e auxiliá-lo. Deve ser anunciado ao Comité Organizador antes do início da competição. Não pode ser um outro competidor. O caddie não pode ficar na área de jogo ou indicar a linha de jogo durante o remate.

Todas as regras de bom comportamento e respeito também devem ser seguidas pelo caddie. Além disso, ele não pode controlar o cartão de pontuação do jogador (penalidade +1 remate). Se um caddie violar uma regra as penalidades serão aplicadas à pontuação dos jogadores.

 

3-1-4 Comité

O “Comité” é a comissão ou organização encarregada da competição. É a comissão responsável pelo campo.

 

3-1-5 Equipamento

“Equipamento” é qualquer coisa usada ou carregada pelo jogador (incluindo, mas não só: uma bolsa, bola extra, tee ou guarda-chuva). O termo “equipamento” também inclui o caddie do jogador. Um carrinho de golfe ou dispositivo móvel pertencente a um grupo de jogadores será considerado como pertencente ao jogador que chuta.

O jogador tem o direito de usar um dispositivo de medição de distância ou guia de distância. Qualquer dispositivo móvel usado em campo tem de estar no modo silêncio.

 

3-1-6 Agente Externo / Fator Externo

Um agente externo é qualquer objeto, animal ou indivíduo que não participe no jogo do grupo, incluindo o árbitro. Um jogador do mesmo grupo NÃO é um agente externo. Um jogador de outro grupo É um agente externo. O vento não é considerado um agente externo

 

3-1-7 Honra

Diz-se que o jogador que for o primeiro a jogar desde a linha de partida tem a “honra”.

 

3-1-8 Marcador e jogador

Um “marcador” é a pessoa designada pelo Comité para controlar o jogo e anotar os resultados de um “jogador”. Em cada grupo, todos os jogadores são o “jogador” e, simultaneamente, o “marcador” de alguém.

 

3-1-9 Árbitro

O árbitro é a pessoa designada pelo Comité para decidir as questões relacionadas com as regras e aplicá-las. O árbitro deve tomar medidas em relação a qualquer infração das regras assim que testemunhar ou tomar conhecimento ou mesmo após investigação. Um árbitro pode ficar perto do buraco ou indicar a sua localização e levantar e marcar a bola ou indicar a sua localização.

 

3-1-10 Penalidade

Uma “penalidade” é adicionada à pontuação do jogador no incumprimento de certas regras. A penalidade geral é de +1 remate, salvo indicação em contrário. Uma penalidade será aplicada a cada violação de uma regra.

 

3-1-11 Vocabulário usado

As regras do FootGolf foram escritas de forma muito precisa e meticulosa.

As diferentes palavras usadas devem ser consideradas:

pode / poderá = opcional

deveria = recomendação

deve / tem de = obrigação (com penalidades em caso de não cumprimento)

repetir / voltar a = repetir a jogada da posição original da bola

substituir = colocar a bola na sua posição original

 

3-2 – As zonas de jogo

3-2-1 Condições de campo anormais

Uma “condição de campo anormal” é qualquer área que não esteja em condições normais e esperadas, portanto, que esteja num estado diferente do normal. Isso inclui, mas não se limita a: água, relva cortada, veículo danificado ou com furo, buraco em manutenção, excrementos ou danos feitos por um animal, um réptil ou um pássaro, uma grande pedra, madeira, tubos ou outro material inesperado, uma área considerada pela equipa do Green como  “terreno em manutenção, mas não marcada.

Qualquer zona do percurso, incluindo bunkers, pode estar em “condição anormal” quando considerada por um oficial relevante (exceto a área de grande penalidade).

 

Linha de jogo: Green SIM      Fairway SIM      Raft NÃO      Área de penalidade NÃO

Posição:   Green SIM      Fairway SIM      Raft SIM    Área de penalidade NÃO

Posição da bola:  Green SIM      Fairway SIM      Raft SIM    Área de penalidade NÃO*

* Exceção: o alívio pode ser obtido para a posição da bola na água ou de “terreno em manutenção” no bunker

 

Os jogadores devem seguir o ponto de alívio mais próximo.

 

3-2-2 Bunker

Um “bunker” é uma área de areia, totalmente cercada por relva ou terreno e especialmente projetada. Uma área de areia não delimitada por relva ou terreno será considerada ‘terreno baldio’ e as REGRAS PRINCIPAIS DO JOGO serão aplicadas. A margem de um bunker estende-se verticalmente para baixo, mas não para cima. Uma bola está dentro do bunker quando pousa ou qualquer parte dela toca no bunker. Quando a bola está no bunker, todas as regras se aplicam independentemente da posição do jogador (por exemplo, bola dentro do bunker, mas o jogador está fora do bunker).

 

3-2-3 Água casual

“Água casual” é qualquer acúmulo temporário de água no percurso, que não se espera que esteja lá (por exemplo, no meio do campo) e que seja visível antes ou depois do jogador se posicionar. Neve e gelo natural, que não é geada, são consideradas água casual ou obstruções soltas, dependendo da escolha do jogador. O orvalho e a geada não são água casual. Se o jogador pisar orvalho ou geada enquanto se posiciona próximo da bola e começar a jorrar água do chão, aí sim, será considerada água casual.

 

Nestes casos, a regra do ponto de alívio mais próximo será aplicada:

Água casual pode aparecer em qualquer zona do campo, exceto áreas de grande penalidade, incluindo bunkers, mas um jogador só pode obter alívio na linha de jogo pretendida caso haja água casual no green ou no fairway.

Linha de jogo: Green SIM      Fairway SIM      Raft NÃO      Área de penalidade NÃO

Posição:   Green SIM      Fairway SIM     Raft SIM    Área de penalidade NÃO

Posição da bola:  Green SIM      Fairway SIM      Raft SIM    Área de penalidade NÃO*

* Exceção: o alívio de posição da bola pode ser obtido caso a água casual seja dento do bunker.

 

3-2-4 Campo

O “campo” é toda a área dentro dos limites estabelecidos pelo comité. O limite externo de qualquer campo será considerado fora dos limites.

 

3-2-5 Drop Zone

Uma “drop zone” é um local designado, criado pelo Comité, de onde os jogadores devem reiniciar o seu jogo após obterem alívio de uma zona específica do terreno em manutenção, de um obstáculo de água específico ou de qualquer outra situação específica de bola não jogável. Portanto, numa “drop zone” os jogadores não devem aplicar as regras esperadas de “ponto de relevo mais próximo” ou “ponto equidistante”.

 

3-2-6 Fairway

O “fairway” é a área que liga o tee ao green, em que a relva está claramente definida e cortada rente. Uma bola será considerada no fairway quando tocar no fairway.

 

3-2-7 Mastro ou pino

O “mastro” é um pino reto que deve ter uma bandeira e ser colocado no meio do buraco para indicar sua posição. Deve ser circular e de material adequado que não seja amortecido e que não possa influenciar de forma errada o curso da bola.

Em caso de dano no buraco, a bandeira pode ser ‘segurada’ desde que esteja em pé e de forma a não dar ao jogador qualquer vantagem.

 

3-2-8 Green

Uma bola está no Green quando qualquer parte dela está a tocar no Green. Caso os limites do green não estejam estabelecidos, a bola está no Green quando estiver a, no mínimo, três metros do buraco, e não num obstáculo. Quando o Green é definido, o seu raio máximo não deve ser superior a 10m da bandeira, incluindo a linha que o define. Uma bola que toca nesta linha é considerada NO Green.

 

3-2-9 Terreno em manutenção

Um “Terreno em manutenção” é qualquer parte do percurso marcada como tal (geralmente com estacas azuis) por ordens do Comité ou pessoal autorizado. Fazem parte dele toda a área e qualquer elemento natural ou artificial no seu interior. O terreno em manutenção inclui material natural ou artificial empilhado para ser removido. Árvores com estacas ou recém-plantadas também são consideradas em manutenção.

Quando um terreno em manutenção é delimitado por estacas, estas são uma parte do terreno em manutenção e a sua margem é definida pelos pontos exteriores mais próximos das estacas, ao nível do solo.

Quando um terreno em manutenção é delimitado por estacas e linhas, as estacas servem para o identificar e as linhas para definir a sua margem.

Quando um terreno em manutenção é delimitado por uma linha no terreno, essa linha é parte do terreno em manutenção.

A margem do terreno em manutenção estende-se verticalmente para baixo, mas não para cima. Considera-se que uma bola está num terreno em manutenção quando é colocada nele ou qualquer parte dela toca o terreno.

 

Os jogadores podem pedir alívio se o terreno em manutenção estiver na linha de jogo ou na posição pretendida para a bola (também quando a bola está em campo aberto – jogando do ponto de alívio mais próximo). As estacas usadas para definir a margem ou para identificar um terreno em manutenção são consideradas obstruções. Uma bola que toca esta linha é considerada DENTRO do um terreno em manutenção.

 

Todas as zonas do percurso podem ser suscetíveis de ter um terreno em manutenção, exceto um obstáculo de água.

 

Nota: É proibido, jogar, caminhar ou correr em qualquer terreno em manutenção. O comité pode introduzir uma “drop zone”.

 

Linha de jogo: Green SIM      Fairway SIM      Raft NÃO      Área de penalidade NÃO

Posição:   Green SIM      Fairway SIM     Raft SIM    Área de penalidade NÃO

Posição da bola:  Green SIM      Fairway SIM     Raft SIM    Área de penalidade NÃO*

* Exceção: O alívio de posição da bola pode ser obtido caso o terreno em manutenção seja no bunker.

 

3-2-10 Buraco

O buraco tem de ter 50-52 centímetros de diâmetro e pelo menos 28 centímetros de profundidade. Qualquer buraco que não tenha estas características será considerado inválido, salvo nos casos em que seja regulamentado de outra forma pelo Comité de Regras do FIFG.

 

3-2-11 Obstáculo imóvel

Um obstáculo imóvel é qualquer objeto artificial (criado pelo homem) que está no campo. Os marcadores de tee do FootGolf e as estacas brancas que definem os limites NÃO são obstáculos e não podem ser movidos. Qualquer objeto criado pelo homem que não seja fácil de remover é considerado um obstáculo imóvel. Isso inclui caminhos, cabos e postes para eletricidade, grades de drenagem, aspersores, sarjetas ou qualquer outro objeto artificial fixo no solo, mas também stands, materiais de torneio ou o club house.

 

Estas são as situações em que um jogador pode encontrar o ponto de alívio mais próximo de uma obstrução imóvel:

Linha de jogo: Green SIM*      Fairway SIM*      RAFT NÃO      Área de penalidade NÃO

Posição:   Green SIM      Fairway SIM      RAFT SIM    Área de penalidade NÃO

Posição da bola:  Green SIM      Fairway SIM      RAFT SIM    Área de penalidade NÃO

* Alívio máximo de 2m se a obstrução estiver a 20 m da bola.

 

3-2-12 Obstruções soltas

“Obstruções soltas” são objetos naturais, incluindo:

Pedras pequenas, folhas, lenha pequena, galhos e similares, excrementos, vermes, insetos e semelhantes, areia ou terra solta (exemplo: uma colina de toupeira)

 

Não podem ser fixos ou crescentes, embutidos, nem aderir à bola.

Os jogadores podem remover obstruções soltas nas seguintes situações:

 

Linha de jogo: Green SIM     Fairway SIM      RAFT SIM      Área de penalidade NÃO

Posição:   Green SIM      Fairway SIM      RAFT SIM    Área de penalidade NÃO

Posição da bola:  Green SIM      Fairway SIM      RAFT SIM    Área de penalidade NÃO

 

Neve e gelo natural, que não geada, podem ser considerados água casual ou obstruções soltas, dependendo da escolha do jogador. O orvalho e a geada não são obstruções soltas.

 

3-2-13 Obstáculo móvel

Um obstáculo móvel é qualquer objeto artificial (criado pelo homem) que está no campo. Os marcadores de tee do FootGolf e estacas brancas que definem os limites NÃO são obstruções e não podem ser movidos (ver nota). Um obstáculo móvel pode ser movido sem grande esforço, sem atrasar indevidamente o jogo ou causar qualquer dano.

Placas públicas, ancinhos, estacas que marcam distâncias, avisos de perigo ou drop zone, mastros, latas, garrafas, resíduos genéricos e qualquer outro objeto que não faça parte do jogo (e que seja facilmente removido) são considerados um obstáculo móvel e podem ser removidos por um jogador antes de executar o remate.

 

A seguir estão as situações em que um jogador pode remover um obstáculo móvel:

Linha de jogo: Green SIM     Fairway SIM      RAFT SIM      Área de penalidade SIM

Posição:   Green SIM      Fairway SIM      RAFT SIM    Área de penalidade SIM

Posição da bola:  Green SIM      Fairway SIM      RAFT SIM    Área de penalidade SIM

 

Nota: Os marcadores de tee do FootGolf e as estacas brancas que definem os limites não podem ser movidos. Penalidade +1 remate e repetir o remate.

 

3-2-14 Fora dos limites

“Fora dos limites” é o terreno que está além dos limites do campo ou qualquer parte do percurso marcada como tal, delimitada com estacas brancas e / ou linhas brancas no solo.

Quando o fora dos limites é definido com estacas ou uma cerca, ou fica para lá das estacas ou de uma cerca, a linha é determinada pelos pontos mais externos dos postes da cerca ou postes ao nível do solo, excluindo suportes angulares, não se aplicam curvaturas.

Os limites também podem ser identificados por estacas e definidos por linhas no solo.

Quando o fora de limites é definido por uma linha no solo, a linha é considerada dentro dos limites – qualquer parte da bola que tocar nesta linha está dentro dos limites.

A linha de limites é estendida na longitude, verticalmente para cima e para baixo. Uma bola está fora de campo quando toda ela ou a sua projeção vertical fica fora da linha (definida ou imaginária). Um jogador pode colocar-se fora dos limites para jogar uma bola que esteja dentro deles. Objetos que definem os limites como paredes, cercas, estacas e portões não são obstruções e são considerados fixos. Uma bola que toca esta linha é considerada DENTRO do jogo.

Consulte a Regra 4-1-12.

 

3-2-15 Estacas (branco, vermelho / amarelo, azul, outros)

Ao longo do campo são colocadas estacas para definir diferentes zonas do mesmo. Elas podem ser removidas se interferirem com a linha de jogo pretendida, posição do jogador ou posição da bola de cada zona do campo, exceto se forem brancas.

Estacas brancas: definem o fora dos limites; nunca podem ser removidas.

Estacas vermelhas / amarelas: definem perigos de água laterais / frontais; podem ser removidas.

Estacas azuis: definem terreno sob manutenção; podem ser removidas.

Outras: qualquer outra estaca (por exemplo, verde, definindo distâncias) pode ser removido.

Nota: Todas as estacas removidas devem ser recolocadas na posição original antes do próximo remate. Penalidade +1 remate para o jogador que removeu a estaca.

 

3-2-16 Tee

O Tee é o ponto de partida, o local de onde os jogadores começam a jogar o buraco correspondente. É uma área retangular com comprimento de dois metros, cuja frente e lados são definidos com duas marcas de início. A bola do jogador deve ser colocada dentro da área do tee. A bola está fora do tee quando toda ela está fora. A diretriz da FIFG para jogos em torneios é uma largura mínima de três metros.

Os marcadores do tee NÃO PODEM ser movidos em nenhuma circunstância. Uma bola que toca nesta linha é considerada NA zona do tee.

 

3-2-17 Perigo de água ou áreas de penalidade (frontal – amarelo e lateral – vermelho)

Um “perigo de água” é qualquer parte do percurso marcada como tal com estacas amarelas ou vermelhas e/ou linhas das mesmas cores no solo.

A área de penalidade pode ou não ter água ou resíduos, conforme definido pelo comité.

Nota: Se uma área de penalidade não for definida por linhas ou estacas vermelhas ou amarelas, a sua relevância será decidida pela autoridade do torneio durante o jogo. Os jogadores devem entrar em contacto com um árbitro ou seguir 2-2-13

Todo o solo, obstruções e água dentro do obstáculo fazem parte do obstáculo de água.

Quando a margem do obstáculo de água é definida por estacas, elas NÃO são consideradas parte do obstáculo.

Quando são usadas estacas e linhas para indicar um obstáculo de água, as estacas identificam-no e as linhas limitam-no no solo.

Quando a margem de um obstáculo de água é definida por uma linha no solo, essa linha NÃO está dentro do obstáculo de água.

A margem de um obstáculo de água é estendida verticalmente para cima e para baixo. Uma bola está num obstáculo de água quando está inteiramente dentro do obstáculo.

As estacas usadas para definir a margem ou para identificar um obstáculo de água são consideradas obstruções. Se bola que toca nesta linha é considerada fora do obstáculo.

Consulte as regras 4-3-2 e 4-3-3.

 

3-2-18 Green errado

Um “Green errado” é qualquer Green que não seja do buraco que está a ser jogado no momento. A menos que o Comité diga o contrário, este termo inclui o Green de treino ou um Green para a prática de remates curtos, pode-se jogar, utilizando a técnica de putt, não podendo obter balanço ou corrida antes do embate na bola .

 

3-2-19 Buraco errado

Um “buraco errado” é qualquer buraco de Golf ou FootGolf que não seja o buraco que está a ser jogado por esse grupo. Um jogador tem direito a alívio de qualquer buraco errado sem penalidade se este interferir com a bola, posição ou linha de jogo pretendida (ponto de alívio mais próximo).

 

 

3-3 – Sobre a bola

3-3-1 Bola

A bola usada para jogar FootGolf é a bola número 5 usada no futebol. Tem de ter entre 68 e 70 cm de diâmetro, entre 410 e 450 gramas de peso, e deve ser insuflada apenas com ar. Qualquer outra bola é proibida e um jogador que jogar com uma bola errada será desclassificado. As características de uma bola não podem ser alteradas durante o jogo.

Nota: Os jogadores devem estar preparados e obrigados a aceitar qualquer eventualidade, incluindo danos ou perda de bola.

 

3-3-2 Bola ‘em jogo’

A bola está ‘em jogo’ assim que o jogador tiver executado o primeiro remate da linha inicial de jogo. A bola continua a ser jogada até ser enfiada no buraco, a menos que se perca, vá para fora dos limites do campo, seja levantada ou seja substituída por outra bola. Uma bola que substitui a outra passa a ser a bola em jogo. Qualquer tentativa ou intenção de jogar a bola, com ou sem contacrto, será contada no cartão do jogador. Se a bola for marcada e agarrada, só voltará a ser considerada ‘em jogo’ quando for chutada.

 

3-3-3 Bola ‘dentro’

Uma bola está “dentro” quando fica dentro do buraco e toda ela está abaixo da borda do solo do buraco. Uma bola que vai para o buraco e depois sai não conta como dentro.

 

3-3-4 Bola ‘marcada’ e substituída

Uma bola é “marcada” quando o marcador da bola do jogador é colocado no solo para definir a posição da bola, independentemente de onde a bola esteja ou possa ir devido ao vento ou agente externo/fator externo. Se uma bola que é substituída se move devido ao vento, pode ser recolocada na sua posição original, mesmo que o marcador da bola tenha sido removido, sem penalidade, pois ainda é considerada ‘marcada’. Ao tocar na bola, o jogador deve garantir que um marcador de bola está no solo. (Exemplo: Uma bola é substituída e movida pelo vento. O jogador deve colocar seu marcador de bola na posição original e, em seguida, recuperar e recolocar a bola nesse sítio.)

Caso se aplique a regra de “STOP”, é considerada como “bola marcada” o momento em que o jogador alcança a bola para marcar sua posição.

Nota: Se ao ser substituída a bola não ficar parada na posição devida, pode ser colocada no lugar mais próximo onde fique parada, desde que não seja mais perto do buraco ou o jogador retire beneficio para o buraco.

 

3-3-5 Bola perdida

Uma bola é considerada “perdida”, ou seja, já não está “em jogo”, quando:

– o jogador não a conseguiu encontrar ou identificar em três minutos

–  o jogador executou o segundo remate com uma bola provisória, que agora é a que está ‘em jogo’.

– o jogador executou um remate com uma bola de substituição.

 

Nota: Um jogador não pode usar a bola “em jogo” de outro jogador como sua bola de substituição ou provisória.

 

3-3-6 Bola movida

Considera-se que uma bola “se moveu” quando saiu da sua posição e parou noutro lugar. Uma bola que tem um movimento oscilante suave no local de repouso NÃO será considerada ‘movida’.

 

3-3-7 Posições da bola

As posições da bola são as seguintes:

Bola no tee – qualquer parte da bola deve tocar pelo menos a linha imaginária que define o perímetro.

Bola no Fairway – a base toca no fairway.

Bola no Green ou terreno em manutenção – qualquer parte da bola toca no Green ou terreno em manutenção-

Bola no Buraco: a totalidade da bola está abaixo da superfície do solo.

Bola fora de campo: nenhuma parte da bola toca a linha limite do campo.

Bola num obstáculo de água: tem de estar toda dentro de água (se qualquer parte da bola tocar a linha do obstáculo está FORA do obstáculo)

Bola no bunker: se qualquer parte da bola toca na areia do bunker.

 

Considera-se que os obstáculos (móveis e imóveis) ou obstruções soltas “interferem na posição da bola” se lhe tocarem.

 

3-3-8 Bola provisória ou temporária

Uma “bola provisória” é uma bola jogada quando o jogador não tem certeza da posição ou localização de sua bola original (possivelmente perdida). O jogador deve deixar claro que está a jogar com uma bola provisória, declarando-a “provisória”. Uma bola provisória torna-se a bola “em jogo” quando a bola original está definitivamente perdida ou fora de campo e / ou a bola provisória é chutada pela segunda vez. Se a bola original for encontrada dentro do tempo estipulado e dentro do campo, ela deve ser jogada. Um jogador não pode usar a bola “em jogo” de outro jogador como a sua bola provisória.

 

3-3-9 Bola de substituição

Uma bola de substituição é uma bola que é jogada em vez da bola original quando esta se perdeu fora dos limites do campo, foi levantada ou está danificada. Um jogador não pode usar a bola “em jogo” de outro jogador como sua bola de substituição.

 

3-3-10 Bola errada

Uma “bola errada” é qualquer bola que NÃO seja:

– A bola do próprio jogador

– A bola provisória de um jogador

Nota: O termo “bola em jogo” inclui uma bola que substituiu a bola de jogo, quer a substituição seja permitida ou não.

 

3-4 – Sobre o remate

3-4-1 Dar vantagem

Refere-se à posição da bola ou de qualquer outro objeto móvel (incluindo agente ou equipamento estranho) que possa dar vantagem ao jogador seguinte. Para que um jogador obtenha uma vantagem, a bola não pode permanecer no campo. Um exemplo disso poderia ser uma bola equilibrada na borda de uma área de grande penalidade ou bunker a uma distância razoável atrás da bandeira.

O termo vantagem também se aplica a bolas não marcadas que estejam no ou em volta do Green. Cabe ao jogador que chuta garantir que não há bolas na área que pretende jogar. Cabe também a cada jogador garantir que não oferece vantagens aos jogadores seguintes.

 

3-4-2 Linha de jogo pretendida

A linha de jogo pretendida refere-se a uma linha direta imaginária que liga a posição da bola ao buraco. Isso é decidido pelo jogador, mas precisa da concordância dos outros jogadores do grupo para evitar comportamentos injustos.

 

3-4-3 Dropp

“Dropp” no FootGolf significa colocar a bola com as mãos no campo, depois de bater uma penalidade ou obter um alívio. Um “free drop” é mover a bola de sitio, sem contailizar nenhum chuto ou penalidade. Colocar a bola na “DROP ZONE” ou no ponto de alívio mais próximo”.

 

3-4-4 Ponto equidistante

É uma linha imaginária que vai da bandeira até a bola. O Ponto Equidistante está a uma distância igual de onde a bola se encontra ou de uma posição de alívio. O jogador terá a opção de mover-se para a esquerda ou direita ou para trás mantendo a bola e a bandeira alinhadas. A bola pode passar por um green de golfe quando se trata de um alívio, usando o ponto equidistante.

 

3-4-5 Hazard Kick

Um “hazard kick” refere-se a uma técnica de chutar a bola quando esta está dentro de um bunker ou obstáculo de água. O jogador deve executar o remate sem dar um passo ou correr, apenas com o pé de apoio plantado próximo da bola. O pé de apoio não se pode mover antes que o pé de remate toque na bola. Se o jogador der um passo à frente imediatamente antes do remate, este será considerado ilegal; entretanto, o pé que está apoiado pode levantar-se suavemente para auxiliar o chute.

Os jogadores não podem melhorar a posição da bola ou a área ao redor da bola ou dar um remate de treino.

Exceção: se a bola chutada está a voltar para trás e pode atingir o jogador, ele pode mover o pé de apoio para evitar a colisão.

Nota: Um “hazard kick” falhado resultará em penalidade +1 remate e o jogador terá de repetir o remate.

 

3-4-6 Interferência

A interferência existe quando uma bola está ou toca no local de onde o jogador prepara o remate ou quando a bola interfere com a sua posição do jogador (ver 3-4-11) ou com o lugar de onde está a chutar (em relação à direção do jogo). A interferência também existe se a posição da bola se interpõe na linha de putt do jogador ou na linha de jogo pretendida  dentro do green ou do fairway.

 

3-4-7 Ponto de alívio mais próximo

O “ponto de alívio mais próximo” é um ponto de referência no campo onde o jogador pode obter alívio sem qualquer penalidade, caso a bola tenha caído numa posição difícil por interferência de um obstáculo imóvel, condições anormais de solo, buraco errado, etc.

Nota: Se o alívio for feito de um green de golfe, deve ser feito sob a regra de equidistância.

 

Ponto de alívio mais próximo, é o ponto do campo mais próximo que:

– Não está mais perto do buraco

– Onde, se a bola estivesse ali, não haveria interferência com a posição da qual o jogador deseja obter alívio.

Nota: num ponto de alívio o jogador não tem a opção de escolher esquerda ou direita.

 

Procedimento de alívio 1:

– Marque a posição original da bola e levante-a.

– Coloque a bola na nova posição (ponto de alívio mais próximo e mais um metro opcional).

– Obtenha a concordância dos outros jogadores do grupo.

– A bola está agora em jogo e o ponto original marcado pode ser removido.

 

Caso marcar a posição original da bola não seja possível (por exemplo, bola na água) deve usar-se o procedimento de alívio 2:

– Marque a nova posição (ponto mais próximo de alívio total e mais um metro opcional).

– Obtenha a concordância dos outros jogadores do grupo.

– Coloque a bola na nova posição, a bola agora está em jogo e o novo ponto marcado pode ser removido.

 

3-4-8 Posição do remate anterior

Quando um jogador opta por voltar ao local do remate anterior (exemplo: bola impossível de jogar ou fora de campo), é aconselhável que marque essa posição antes de ir recuperar a bola. Todos os jogadores do grupo devem estar de acordo em relação à localização do remate anterior.

 

3-4-9 Linha de Putt

A “linha de putt” é a linha que o jogador espera que sua bola siga após um remate a partir do Green. A linha de putt também inclui uma distância razoável de ambos os lados da linha. A linha de putt continua além do buraco.

 

3-4-10 Remate ou chuto

Um “remate” é o movimento feito com balanço para chutar a bola com o pé com a intenção de que se mova.

Tomar balanço perto da bola é permitido, portanto não há penalidade para o jogador (exceto em caso de bola ou jogador no bunker e de bola em obstáculo de água).

Os jogadores só podem usar o pé para rematar. Se qualquer outra parte do corpo tocar na bola em jogo há uma penalidade e a bola deve ser recolocada na sua posição original para continuar o jogo.

Nota: O jogador não pode tocar em nada que esteja fixo ou em crescimento, seja com as mãos ou com o corpo, ao executar o remate

(Exceção: pode deitar-se no chão para chutar a bola)

 

3-4-11 Postura e preparação

Consideramos “postura” a posição assumida para executar o remate, portanto, está incluído o espaço ocupado pelo corpo do jogador mais a área abrangida por ele durante a execução do movimento (por exemplo, a perna que vai para trás antes do remate).

O pé de apoio (qualquer um) deve ser colocado ao lado da bola em relação à linha de jogo pretendida.

 

“Preparação” são os passos que o jogador dá ao aproximar-se da bola com o objetivo de rematar.

A postura e preparação não podem ser usadas para melhorar a localização da bola ou do remate (consulte 4-1-1).

PARTE 4
SITUAÇÕES DE JOGO

4-1 – Geral

As regras desta seção são “REGRAS PRINCIPAIS DE JOGO”, portanto regras gerais válidas em todas as situações de jogo, onde quer que a bola ou o jogador estejam parados.

 

4-1-1 Melhorar a posição

A bola deve ser jogada como foi encontrada, a menos que esteja numa situação em que seja aplicado alívio ou penalidade. Um jogador não pode melhorar ou permitir quaisquer melhorias a:

– Posição da bola

– Espaço onde pratica a sua abordagem à bola, postura ou preparação.

– Linha de jogo pretendida ou uma extensão razoável dela além do buraco.

– Drop Zone.

 

Não pode fazer nenhuma das seguintes ações:

– Pressionar o chão com o pé.

– Mover, torcer ou partir qualquer coisa que esteja a crescer ou presa (incluindo obstáculos imóveis que definem os limites).

– Criar ou eliminar irregularidades na superfície.

– Remover orvalho, água ou geada.

– Proteger-se de elementos climáticos. (Exemplo: segurar ou ser coberto por um guarda-chuva ou proteger-se ou proteger a bola do vento ou do movimento causado pelo vento.)

 

No entanto, o jogador não sofrerá nenhuma penalidade se:

– fizer uma leve pressão com os pés enquanto prepara o remate.

– assumir a sua postura normalmente (pode usar o corpo para criar espaço em árvores ou arbustos, mas não pode usar suas mãos)

– fizer um movimento com a perna para trás para executar um remate e o remate é mesmo executado

– criar ou remover irregularidades na superfície do tee.

– houver um movimento suave ao recolocar a bola na posição original.

 

Nota: A penalidade por infringir esta regra é +1 remate e repetição do remate a partir da posição original.

 

4-1-2 Construir uma postura

Um jogador pode pisar com os dois pés o chão à volta da bola enquanto assume uma postura, mas não pode modificar o espaço ao redor para construir a postura (por exemplo, tocar/agarrar plantas ou arbustos).

Exceção: um jogador pode usar o corpo para criar espaço em árvores ou arbustos para se posicionar, mas não pode usar as mãos.

Nota: Ao rematar, o jogador não pode tocar com as mãos em nada que esteja fixo ou em crescimento.

A penalidade por infração à regra é +1 remate e a repetição do remate.

 

Se a bola se mover acidentalmente enquanto o jogador cria a sua postura, não há penalidade e a bola deve ser recolocada onde estava antes.

 

4-1-3 Procurar uma bola

Quando um jogador está à procura de uma bola (a sua ou a do adversário), em qualquer lugar do campo, pode tocar na relva, nos arbustos, etc., mas apenas na medida do necessário para encontrá-la. Deve tentar sempre cuidar bem do campo e da natureza, não alterar a posição da bola, não alterar o espaço de onde vai rematar ou a sua linha de jogo. Caso a bola seja movida por outra pessoa, não há penalidade para o jogador que a procura e esta deve ser recolocada.

 

4-1-4 Jogar

4-1-4.1 Jogar com a bola certa

A responsabilidade de jogar com a bola certa (a sua e ‘em jogo’) é do jogador. Cada jogador deve colocar uma marca de identificação na sua bola. Se um jogador remata com uma bola errada, será penalizado com +1 remate e deverá corrigir o erro, chutando a bola certa ou procedendo de acordo com as Regras o mais rápido possível. Se o erro não for corrigido, o jogador terá como penalidade +2 remates nesse buraco. Se a bola errada pertencer a outro competidor, deve colocar a bola no local de onde foi jogada no início (pedindo a concordância dos outros jogadores) sem qualquer penalidade para o proprietário/dono/jogador da bola em causa.

 

4-1-4.2 Jogar da maneira certa

A bola deve ser chutada diretamente com o sapato e não deve ser intencionalmente empurrada, arrastada, pisada, empalada ou qualquer outra ação que não seja o impacto direto. Não se pode chutar a bola intencionalmente com a sola. A penalidade por infringir esta regra é de +1 remate e repetição do chuto a partir da sua posição original. Se durante a execução do remate, o jogador toca na bola com qualquer parte do corpo mais de uma vez, cada toque conta como “remate” e a bola deve ser jogada do local onde for parar.

 

Se a bola, devido a vento forte ou condições perturbadoras, se mover e tocar no pé do jogador, isso não é considerado um toque e a bola deve ser recolocada no local original.

 

Em todos os momentos, quando a bola é agarrada, um marcador de bola deve estar no chão para indicar a posição original.

 

4-1-4.3 Jogar da posição certa

Se o jogador chutar a sua bola de uma posição errada (por exemplo, após uma colisão, não recoloca a bola em frente do marcador de bola), receberá uma penalidade de +1 remate e deve repetir o chuto a partir da posição original. Um remate da posição errada não é considerado válido.

Se o jogador não jogar da posição correta e continuar para o buraco seguinte, ignorando a infração, deve adicionar +1 ao cartão de pontuação relativamente ao buraco onde a infração ocorreu.

 

4-1-4-4 Jogar uma bola em movimento

Um jogador não deve rematar uma bola em movimento. Quando uma bola parada começa a mover-se depois do movimento de remate já se ter iniciado, não há nenhuma penalidade.

Se o jogador chuta uma bola em movimento para ganhar vantagem, será desclassificado.

 

4-1-5 Marcar a bola

A posição da bola deve ser marcada usando uma moeda ou objeto plano cilíndrico (não maior que 60 mm), colocando o marcador atrás da bola em linha com o buraco. A bola deve ser recolocada exatamente na mesma posição após o marcador ser colocado.

Se o marcador de um jogador se tornar uma obstrução, pode ser movido sem penalidade para a esquerda ou para a direita usando o pé como guia para a distância. O pé do jogador que é usado para a marcação deve ser aquele que recoloca a marca, repetindo o procedimento para voltar ao ponto original.

 

De acordo com esta regra, o jogador deve marcar, levantar e eventualmente limpar a bola nos seguintes casos:

– Quando outros jogadores pedem para marcar a posição da bola porque ela está a interferir com o seu jogo.

– Quando a bola está dentro da zona do Green (no caso do Green não estar marcado, dentro de uma distância de 3 metros do buraco, se, nessa distância, a bola não estiver num obstáculo). Se duas bolas, uma parada no green e outra a aproximar-se do green, colidirem, será aplicada uma penalidade de + 1 remate a ambos os jogadores. Se o jogador cuja bola está parada estiver a respeitar a regra “marcar a bola” e não tiver tempo para agir adequadamente, a penalidade de + 1 remate será aplicada apenas ao jogador que se aproxima/jogou a bola sem dar tempo do companheiro marcar.

– Quando um obstáculo teve de ser removido (de acordo com as regras) e isso fez mover a bola.

– Quando a bola está perto da bandeira ou green ou numa posição vantajosa para o jogador seguinte (por exemplo, na borda de um obstáculo de água, potencialmente protegendo outras bolas de caírem caiam nele). A bola pode ser considerada numa posição vantajosa se a maioria do grupo concordar com essa definição. Se as bolas colidirem, a penalidade de + 1 remate será aplicada ao jogador que se aproxima do green, e não ao que já lá estava.

– Quando o jogador tem razões para acreditar que a sua bola foi danificada/estragada no buraco que está a ser jogado no momento. Para mover a bola, deve ter a aprovação prévia dos demais jogadores do grupo.

– Quando a bola estiver numa zona que o jogador acredita ser um obstáculo mas a própria presença da bola torna isso impossível de verificar (por exemplo, a bola cobre um aspersor ou uma sarjeta que não pode ser visto sem remover a bola). Para mover a bola, deve ter a aprovação prévia dos demais jogadores do grupo.

– Quando há vento muitíssimo forte ou condições perturbadoras. O jogador pode usar a “Regra de Stop” e recolocar a sua bola na posição inicial mesmo sem tê-la marcado ainda, apenas e só quando esta parar completamente.

 

Observação: a ” Regra de Stop ” é uma regra permanente, portanto, é sempre válida independentemente das condições. Se um jogador não consegue/não teve tempo de dizer ‘STOP’ e a bola se move, então o deve jogá-la da nova posição, independentemente de a bola já ter parado.

 

Procedimento da Regra de STOP:

O jogador deve levantar a mão e dizer “STOP” no momento em que a bola estiver parada.

Os outros jogadores do grupo devem validar a posição. Em caso de disputa, a maioria prevalece ou um árbitro pode decidir.

Uma vez dito “STOP”, o jogador deve colocar o marcador na posição validada.

Se a bola se mover após a declaração de “STOP”, a posição validada será onde se marca a  bola. A bola não deve ser agarrada a menos que a pedido de outro jogador.

O marcador de bola deve ser retirado antes do remate, exceção feita se for no Green.

 

A bola é considerada ‘em jogo’ SOMENTE quando é chutada. Então, se a bola se mover após a remoção do marcador de bola, o jogador pode recolocá-la na sua posição original sem penalidade.

Se uma bola for largada (dropping) e não parar no lugar designado, não há penalidade e a bola deve ser recolocada na frente do marcador.

Se a bola não ficar parada no lugar onde foi recolocada, deve ser colocada no lugar mais próximo onde possa ficar parada, desde que não seja mais perto do buraco, usando a regra equidistante.

Um jogador pode marcar a bola de outro jogador do grupo (por exemplo, no caso de a caminhada em direção à bola ser muito longa para o dono e o outro jogador estiver mais perto, economizando tempo). Neste caso, a bola deve ser recolocada pelo jogador que a marcou. No caso de a bola ser recolocada pela pessoa errada, a penalidade geral será aplicada a ambos os jogadores.

Um jogador que marcar uma bola sem permissão ou marcar uma bola de um jogador fora do seu grupo ou pedir a um jogador fora de seu grupo para fazer isso, receberá +1 de penalidade.

Os caddies podem marcar a bola e, nesse caso, devem recolocá-la.

 

4-1-6 Marcador de bola perdido ou movido

4-1-6.1 Marcador de bola perdido

Se um jogador marca a sua bola e não consegue encontrar o marcador dentro de 3 minutos, deve jogar a bola com +1 remate de penalidade, a partir da posição que a maioria dos jogadores do grupo declara como a posição mais próxima de onde o marcador de bola deveria estar.

Exceção: Não há penalidade para marcador de bola perdido após deixar um buraco devido a suspensão de jogo.

 

4-1-6.2 Marcador de bola movido

Pelo dono

Se um jogador mover o seu marcador de bola, sem ser acidentalmente ou enquanto procura por ele, de modo a aproveitar ou melhorar a situação do seu próximo remate, será desclassificado por desrespeito ao espírito do FootGolf.

Por outro jogador

Se um jogador mover um marcador de bola de um competidor (mesmo que seja de outro grupo), sem ser acidentalmente ou enquanto está à procura da bola, e isso prejudicar ou piorar a posição para o próximo remate, será desclassificado por desrespeito ao espírito do FootGolf.

Por um agente externo/ fator externo

Neste caso, o jogador deve jogar a bola, sem nenhuma penalidade, a partir da posição que a maioria dos jogadores do grupo declara como a posição mais próxima de onde o marcador de bola estava antes de ter sido levado.

 

4-1-7 Agarrar a bola

Uma vez começado o jogo, a bola não pode ser levantada ou agarrada pelo jogador, a menos que sob condições explicitamente autorizadas pelas regras gerais ou locais. Nos casos autorizados, o jogador deve sempre avisar o seu marcador ou outro jogador que vai levantar a bola, explicando a razão e procedendo à marcação da bola. Após este procedimento, a bola pode ser agarrada pela pessoa que a marcou.

 

4-1-8 Limpar a bola

Um jogador pode limpar a bola apenas quando esta foi marcada, pelas razões apresentadas nas regras, ou entre buracos. Os jogadores não podem marcar e/ou pegar na bola apenas para limpá-la (exceção feita para a bola no green).

 

4-1-9 Bola não jogável

O jogador pode considerar a sua bola impossível de jogar em qualquer lugar do campo. No entanto, uma bola que ficou presa numa árvore, arbusto ou planta, ou que caiu na água é obrigatoriamente considerada “impossível de jogar.  Relva alta não se qualifica nesta definição.

Quando a bola ficou presa num lugar alto, o jogador pode esperar 30 segundos até que ela volte e se torne jogável de acordo com as regras (portanto sem interferência direta ou indireta).  Após este período de tempo, a bola é declarada não jogável. Se a árvore/arbusto estiver fora de campo, o remate é repetido a partir da posição original. Se a árvore/arbusto onde a bola ficou presa for dentro de campo, deve proceder da seguinte forma:

– deve soltar uma bola até 2 metros da posição (ou na sua projeção vertical no solo, caso a bola esteja num alto), mas não mais perto do buraco, usando regra equidistante; OU,

– soltar a bola atrás do ponto onde a bola está retida, mantendo esse ponto diretamente entre o buraco e o local onde a bola é lançada, sem limite de distância para atrás, OU

– retornar ao local do remate anterior.

 

Esteja ou não dentro de campo, ao aplicar a regra da bola impossível de jogar, +1 remate de penalidade será aplicado.

 

4-1-10 Bola danificada ou perdida

4-1-10.1 Bola danificada

Uma bola é considerada danificada se estiver visivelmente rasgada, cortada ou deformada. Uma bola não é considerada danificada se estiver apenas suja com lama ou qualquer outro material, se estiver riscada na superfície exterior ou se a pintura estiver estragada. Se um jogador tem razões para acreditar que a sua bola foi danificada ao jogar um buraco, pode marcar e levantar a bola sem nenhuma penalidade para determinar se está ou não danificada, de acordo com a regra designada. Se for determinado que a bola ficou danificada, o jogador pode substituí-la por uma bola de substituição, marcando a bola original e colocando a nova onde a original estava, sem penalidade. Se o jogador não seguir estas instruções, terá uma penalidade de +1 remate.

Jogar com uma bola danificada é permitido.

 

4-1-10.2 Bola perdida

Se o jogador acredita que sua bola se perdeu enquanto jogava um buraco (por exemplo, num obstáculo de água ou fora do campo), pode substituí-la por uma bola provisória para economizar tempo, colocando-a onde a bola original estava antes de se perder. Uma bola provisória torna-se a bola “em jogo” quando a bola original é considerada definitivamente perdida ou fora de campo e/ou a bola provisória é chutada pela segunda vez. Se a bola original for encontrada dentro do tempo estipulado e dentro do campo, deve ser jogada. Um jogador não pode usar a bola “em jogo” de outro jogador como sua bola provisória.

 

4-1-10.3 Procedimento com bola danificada ou perdida

O jogo deve continuar sem demora, por isso, o grupo atrás (apenas um) deve ser chamado a continuar o jogo e o grupo do jogador sem bola só pode reiniciar o jogo quando os outros tiverem completado o buraco. Se ainda assim o jogador não estiver pronto para jogar, receberá uma pontuação máxima de PAR +10 (Exemplo: Em um Par 3 o jogador registará 13) para aquele buraco e todos os seguintes em que continue sem bola.

 

4-1-11 Ordem de Jogo

4-1-11.1 Quando os jogadores começam um buraco

A ordem de jogo no primeiro buraco é determinada pela lista oficial de grupos. Na ausência da lista, a honra deve ser decidida por sorteio. O jogador com a menor pontuação no buraco anterior tem a honra no próximo. O jogador com a segunda menor pontuação é o próximo a jogar, e assim sucessivamente. Se dois ou mais jogadores tiverem a mesma pontuação num buraco, eles jogarão no próximo na mesma ordem em que jogaram no último.

Se um jogo for jogado fora de ordem, não haverá penalidade, a menos que seja considerado que foi feito para obter ou retirar uma vantagem. A penalidade de +1 remate seria, portanto, para ambos os jogadores, o que devia jogar e o que realmente jogou.

Exceção: Em formatos de equipa, a ordem de jogo entre dois ou mais jogadores da mesma equipa pode ser alterada.

 

4-1-11.2 Enquanto se joga um buraco

Depois de os jogadores começarem a jogar, a bola que estiver mais longe do buraco é jogada primeiro. Se duas ou mais bolas estiverem à mesma distância do buraco, ou se as suas posições em relação ao buraco não puderem ser determinadas, a ordem do jogo será a mesma do início do buraco. Os jogadores têm de esperar atrás da bola mais distante e, desta forma, chegar aproximarem-se do buraco, revezando-se, e sempre atrás da bola mais distante, a menos que:

– seja solicitada a marcação de uma bola, caso em que o jogador não deve permanecer na linha de jogo pretendida ou na linha de putt de qualquer outro jogador.

– a bola invada um buraco que está a ser jogado por outro grupo e isso atrapalhe o jogo deles, o que torna necessário marcar a bola rapidamente.

– exista uma dúvida quanto à posição de qualquer bola, de acordo com os limites do percurso, caso em que a primeira coisa que o jogador deve fazer é marcar o local de onde o lançamento foi executado e ir até onde a bola está com o seu jogador “marcador” para verificar a posição da mesma. Se a bola estiver fora dos limites, volta para o marcador de bola aplicando a regra “fora dos limites”. Caso contrário, o jogo continua normalmente.

 

É considerado falta de etiqueta, se um jogador se mover antes da sua vez.

Se um jogo for jogado fora de ordem, não haverá penalidade a menos que seja considerado que foi feito para obter uma vantagem. A penalidade de +1 remate seria, portanto, para ambos os jogadores, aquele que deveria jogar e aquele que realmente jogado.

Um jogador pode aproximar-se da sua bola se esta estiver na zona mínima do green – 3 mts do buraco.

Exceção: Em formatos de equipa, a ordem de jogo entre dois ou mais jogadores da mesma equipe pode ser alterada.

 

 

4-1-11.3 Várias bolas jogadas ao mesmo tempo (fora da vez)

Nenhuma penalidade será aplicada a menos que as bolas colidam.

Se um jogador jogar fora de vez ao mesmo tempo que outro jogador e as bolas em movimento colidirem, o jogador que está a jogar fora de vez receberá uma penalidade e terá que repetir sua jogada da posição original. O jogador com direito a jogar pode repetir o remate da posição original sem penalização (solicitando a aprovação prévia dos restantes jogadores do grupo) ou jogar da posição onde a bola se encontra.

 

4-1-12 Fora dos limites

Se a bola estiver fora dos limites, o jogador deve jogar a bola o mais próximo possível de onde ela foi jogada pela última vez, com um remate de penalidade. Se houver dúvida sobre a posição de qualquer bola de acordo com os limites do percurso, a primeira coisa que o jogador deve fazer é marcar o local de onde o remate foi executado antes de a bola atingir a posição estimada. Se a bola estiver fora dos limites, o jogador volta para o marcador de bola, aplicando a regra “fora de campo”. Caso contrário, o jogo continua normalmente. Se um jogador não jogar da posição correta, será desqualificado.

 

4-1-13 Bola parada movida

4-1-13.1 Por agente externo

Entende-se por agente externo qualquer objeto, animal ou indivíduo que não participe do jogo do grupo (inclusive o árbitro). O vento não é considerado um agente externo. Se uma bola parada é levada por um agente externo, não há penalidade e o dono da bola deve substituí-la com a aprovação prévia dos outros jogadores do grupo.

 

4-1-13.2 Pelo jogador ou marcador, caddie ou alguém da sua equipa

Se durante o jogo de um buraco, o jogador, marcador, caddie ou alguém da sua equipa agarra ou move a bola, toca-a intencionalmente ou fá-la mover-se, o jogador recebe um remate de penalidade. Não há penalidade se um jogador causar o movimento da bola acidentalmente e nas seguintes circunstâncias:

– enquanto procura uma bola perdida

– está a marcar a bola de acordo com uma regra

– está a colocar o substituir a bola

– está a remover impedimentos soltos

– está a remover obstáculos móveis

– está a definir a sua postura

Se uma bola parada for movida, ela deve ser recolocada na sua posição original pelo dono, com a aprovação prévia dos demais jogadores do grupo.

 

4-1-13.3 Pelo adversário ou pela equipa adversária

Se um adversário ou a sua equipa moverem, tocarem ou acidentalmente provocarem o movimento da bola (por exemplo, marcando-a), não há penalidade. Caso contrário, recebem uma penalidade de +1 remate. No entanto, a bola deve ser substituída/recolocada no lugar pelo seu dono, com a aprovação prévia dos demais jogadores do grupo.

 

4-1-13.4 Por outra bola

Quando uma bola parada se mexe devido a outra bola em movimento, ela deve ser recolocada pelo dono, com a aprovação prévia dos demais jogadores do grupo.

 

4-1-13.5 Pelo vento

Se um jogador não consegue dizer ‘STOP’ e a bola se move por causa do vento, então o jogador deve jogar a bola a partir da nova posição, independentemente do tempo em que a bola está parada.

 

Nota: Se um jogador não jogar a partir da posição correta, receberá a penalidade de +1 remate.

 

4-1-14 Bola desviada ou intercetada

4-1-14.1 Por um agente externo (Regra 3-1-6)

Se a bola em movimento for acidentalmente desviada ou parada por um agente externo, é uma interferência acidental. A bola será jogada tal como está.

 

4-1-14.2 Pelo jogador, parceiros ou equipa

Se a bola for desviada ou parada pelo próprio jogador, o seu parceiro, equipa, roupas, equipamento ou carro de golfe, o jogador recebe + 1 penalidade e repete o remate.

 

4-1-14.3 Pelo adversário ou a sua equipa

É dever dos jogadores permanecerem atrás da linha de jogo, porque se uma bola de fora os atingir, ou a qualquer pessoa da sua equipa, roupas, equipamento ou carro de golfe, o jogador adversário recebe uma penalidade. A bola pode ser jogada da posição original ou de onde está sem mais penalidades. A escolha é do jogador que chuta.

 

4-1-14.4 Por outra bola

Se um remate acertar numa bola parada, a bola que bateu deve ser jogada de onde parou, sem penalidade. (Exceção: Se a bola que foi atingida estava no green ou em posição vantajosa, então o jogador que bateu recebe uma penalidade de acordo com as regras.)

A bola que foi atingida pode ser recolocada no lugar pelo seu dono sem penalidade e de acordo com as regras, exceto se estava no green, caso em que uma penalidade se aplica também ao jogador atingido.

 

Se um jogador jogar fora da vez ao mesmo tempo que outro jogador e as bolas em movimento colidirem, receberá uma penalidade e terá que repetir o remate a partir da posição original. O jogador que tinha a honra pode repetir o remate da posição original sem penalização (com a aprovação prévia dos restantes jogadores do grupo) ou jogar da posição onde a bola se encontra depois de atingida.

 

4-2 – O Tee

4-2-1 Colocar a bola e chutar

Quando um jogador coloca a bola no local de partida, ela deve ser jogada dentro dos limites dessa superfície, no solo ou com um tee. Se no início de um buraco, um competidor joga a bola de fora do local de partida, recebe uma penalidade e deve jogar a bola novamente do local correto.

Se um jogador não jogar corretamente na zona do tee, será desqualificado.

Os jogadores devem encontrar o melhor lugar para colocar a bola sem danificar o solo (por exemplo, cavar o solo com o pé para elevar a bola).

A bola pode sair por qualquer dos lados da área de partida, não é obrigatório chutar a bola entre os dois marcadores do tee.

 

4-2-2 Utilização do Tee

Um tee só pode ser usado na área de teeing.

Apenas um tee aprovado pelo FIFG pode ser usado (dimensão 2 cm de altura x 4 cm interno x 7 cm de base).

O jogador pode escolher se quer usar ou não.

Qualquer jogador que usar um tee de qualquer outro ponto do campo será desqualificado.

Se uma bola cair (por qualquer motivo) do tee ou for afastada dele pelo jogador ao preparar o remate, ela pode ser colocada novamente sem quaisquer penalidades. No entanto, se o remate já estiver a ser executado, com a bola em movimento ou não, não pode parar ou repetir, independentemente de onde a bola vá parar.

 

4-2-3 Marcadores do Tee

Os marcadores iniciais não podem ser movidos por nenhum motivo. A penalidade por infringir esta regra é +1 remate. Se, ao jogar outro buraco, os marcadores do tee interferirem com a linha de jogo pretendida ou putt (caso a bola esteja no fairway ou green), postura ou posição da bola (também para bola no RAFT), a regra 3-2-11 pode ser aplicada.

 

4-2-4 Obstrução na linha de jogo pretendida

Na zona do tee, o jogador tem pode remover qualquer obstáculo móvel que esteja na linha de jogo pretendida (por exemplo, marcadores de tee pertencentes ao golfe).

 

4-2-5 Jogar do tee errado

Se um jogador der o remate inicial a partir do tee errado, embora no buraco certo (por exemplo, homens começam do tee feminino) ou a partir de um tee de qualquer outro buraco, deve corrigir o erro, reiniciar do tee certo e adicionar + 1 penalidade na pontuação do buraco, independentemente do número de remates errados. Se não corrigir o erro, será desqualificado.

 

4-3 – As áreas de penalidade

4-3-1 Geral

Num obstáculo de água ou área de penalidade, o jogador NÃO tem direito a alívio de quaisquer obstáculos imóveis ou obstruções soltas, mesmo que estejam na linha de jogo pretendida (incluindo terreno em manutenção, água ocasional, condições anormais do solo e semelhante). O jogador pode apenas remover obstáculos móveis.

No entanto, pode usar o “hazard kick”’ (ver 3-4- hazard kick).

 

Se a bola ficou presa numa árvore, arbusto ou planta OU está a flutuar na água e, portanto, não está em contato direto com o solo, é considerada obrigatoriamente impossível de jogar e o jogador recebe uma penalidade. Relva alta não se qualifica nesta definição.

 

4-3-2 Área de penalidade amarela (perigo de água frontal)

Quando uma bola cai dentro de um obstáculo de água frontal (estacas e/ou linhas amarelas), e não estiver a flutuar ou elevada, o jogador pode proceder da seguinte forma:

– jogar a bola tal como está, seguindo as REGRAS PRINCIPAIS DO JOGO, usando o ‘hazard kick’, sem possibilidade de obter alívio de um obstáculo imóvel (incluindo terreno em manutenção, água ocasional, condições anormais de solo e similares) ou obstruções soltas que estejam a interferir com a posição da bola, postura ou linha de jogo pretendida (dentro ou fora do obstáculo)

– jogar a bola de onde o último remate foi executado, com uma penalidade de +1,

– jogar a bola do ponto que liga o buraco ao ponto de entrada no obstáculo, sem beneficio  de distância, com uma penalidade de +1. Se for no green, pode recolocar a bola (dropp) na linha de jogo ou para o lado até 2m, mas sem beneficio para o buraco.

 

A penalidade por infringir esta regra é + 1 e repetir o remate da posição certa.

 

4-3-3 Área de penalidade vermelha (perigo lateral de água)

Quando uma bola cai dentro de um obstáculo de água lateral (estacas e/ou linhas vermelhas) e não estiver a flutuar ou elevada, o jogador pode proceder da seguinte maneira:

– jogar a bola tal como está, seguindo as REGRAS PRINCIPAIS DO JOGO, usando o ‘hazard kick’, sem possibilidade de obter alívio de um obstáculo imóvel (incluindo terreno em reparo, água ocasional, condições anormais de solo e similares) ou obstruções soltas, mesmo que interfiram com a posição da bola, postura ou linha de jogo pretendida.

– jogar a bola de onde o último remate foi executado , com uma penalidade de +1

– jogar a bola atrás do obstáculo, em qualquer outro ponto da linha do jogo ao buraco para trás, com uma penalidade de +1

– jogar a bola do ponto onde a bola cruzou a margem do obstáculo de água pela última vez  dentro de uma distância de dois metros, mas sem beneficio para o  buraco, com uma penalidade de +1

– jogar a bola na margem oposta do obstáculo, equidistante ao buraco, do ponto onde a bola cruzou a margem do obstáculo de água pela última vez , dentro de uma distância de dois metros, mas não mais perto do buraco, com uma penalidade de +1

 

A penalidade por infringir esta regra é + 1 e repetir o remate da posição certa.

 

IMAGEM

 

4-4 – O Bunker

4-4-1 Bola ou jogador dentro do bunker

O jogador cuja bola está dentro de um bunker ou o jogador que chuta uma bola de um bunker deve executar o remate usando o “hazard kick”, jogando a bola conforme ela está de acordo com as REGRAS PRINCIPAIS DO JOGO . O jogador NÃO tem direito a alívio de quaisquer obstáculos imóveis dentro do bunker ou na linha de jogo pretendida fora do bunker (incluindo terreno em manutenção, água casual, condições anormais do solo e similares). Também não pode obter alívio de obstruções soltas que interfiram com a posição da bola, postura ou linha de jogo pretendida. Só pode remover obstáculos móveis que estejam dentro ou fora do bunker.

Exceção: Um jogador tem direito a alívio por água casual ou terreno em manutenção que interfira apenas com a posição da bola.

 

Assim, dentro do bunker:

  1. a) O jogador não pode melhorar o sítio onde a bola está parada movendo a areia
  2. b) Só pode usar o pé de apoio para criar uma postura
  3. c) NÃO PODE alisar ou arranjar o bunker até que a bola esteja fora dele, exceto se tiver de marcar a bola a pedido de outro jogador por esta estar na linha de jogo pretendida e tiver de suavizar as suas próprias pegadas.

 

A penalidade por infringir esta regra é + 1 e repetir o remate da posição certa.

 

4-4-2 Bola fora do bunker

Um jogador cuja bola não está dentro do bunker, e desde que nenhuma outra bola esteja no bunker, pode alisar ou arranjar a areia antes de rematar. Quando qualquer bola está no bunker, não se pode mexer na areia, de acordo com as regras, exceto o alisamento após o jogo (bolas múltiplas dentro do bunker).

(Exceção: Se pedir a outro jogador para marcar a sua bola porque ela está na linha de jogo pretendida. Consulte 4-4-1c)

 

Um jogador não tem direito a alívio da água casual na linha de jogo pretendida dentro do bunker.

 

4-4-3 Várias bolas no bunker

Quando várias bolas estão no bunker, elas podem ser marcadas e as irregularidades na areia causadas pelo jogador ou pelo remate podem ser alisadas para os jogadores seguintes. Se um jogador não chutar para fora do bunker, deve corrigir as irregularidades se não for sua vez de jogar. No entanto, se for a sua vez, não pode corrigir as irregularidades.

 

4-4-4 Remexer o bunker

Antes de sair do bunker (se não houver bolas dentro dele), os jogadores devem nivelar e alisar cuidadosamente as irregularidades e sulcos que causaram. Se houver um ancinho, deve ser usado para esses fins.

A penalidade por falha em suavizar o bunker antes do próximo remate de qualquer jogador é de +1 remate.

Exceção: Um jogador pode terminar o buraco se sua bola estiver próxima do mesmo (dentro do green), a fim de preservar o ritmo de jogo, e só depois ir alisar o bunker ( comunicando a intenção previamente e atempadamente a todos ou maioria dos elementos do grupo .

 

4-4-5 Água ocasional no bunker

Se um jogador encontrar a sua bola em águas ocasionais dentro de um bunker, ele pode fazer DROP no ponto de alívio mais próximo, sem penalidade.

 

No caso de o bunker estar totalmente coberto por água ocasional e não for possível encontrar um ponto de alívio mais próximo dentro dele, o jogador pode sair do bunker desde que não fique mais próximo do buraco, mantendo a bandeira e a posição da bola que tinha dentro do bunker sem diminuir limite de distância, e usando o “hazard kick” obrigatoriamente.

 

Um jogador não tem direito a alívio de água casual no bunker quando estiver fora do bunker. Exemplo na linha de jogo pretendida.

 

4-5 – Green, Fairway e RAFT

4-5-1 Obstruções

4-5-1.1 Bola no green e no fairway

Todas as obstruções (condições anormais do solo, água ocasional, obstáculos móveis, obstruções soltas, etc.) podem ser retirados sem penalidades se interferirem com a posição da bola ou postura, linha de putt (no green) ou linha de jogo pretendida (no fairway), sempre seguindo as PRINCIPAIS REGRAS DO JOGO.

 

4-5-1.2 Bola no RAFT

Obstáculos móveis (garrafas, latas, etc.) e obstruções soltas (folhas, galhos, etc.) podem ser removidos se interferirem na linha de jogo, postura ou posição da bola. Os jogadores podem obter alívio para obstáculos imóveis, condições anormais de terreno, terreno em manutenção, água ocasional e similares apenas se estes interferirem com a postura ou posição da bola, e não com a linha de jogo.  Os jogadores devem seguir as REGRAS PRINCIPAIS DO JOGO.

 

4-5-2 Tocar ou pisar linha de putt ou na linha de jogo pretendida

Estas linhas não devem ser tocadas, exceção feita para o jogador que retira obstruções soltas ou obstáculos móveis, desde que não exerça pressão e evite caminhar sobre a linha.

O jogador também não está autorizado a pisar em altos do terreno com o objetivo de aplanar o percurso que pertence à linha. A penalidade por violar esta regra é + 1 remate.

 

Exceções:

Ao levantar ou recolocar a bola

Enquanto pressiona um marcador de bola

Ao remover obstáculos móveis.

 

4-5-3 Regra dos dez segundos

Quando um jogador executa um remate e a bola fica parada no green, antes de executar um novo remate ou antes de marcar a bola, deve esperar dez segundos a contar do momento em que chega ao pé a bola. Se nessa altura a bola não tiver caído no buraco, é considerada parada. Se a bola cair no buraco dentro dos dez segundos, é considerada “no buraco” e não podem ser dados mais chutos.

Se a bola cair no buraco depois de passados esses dez segundos, o jogador deve recolocá-la na sua posição original e continuar a jogar.

 

Nota: Se o jogador disser STOP significa que a bola está parada, independentemente de cair no buraco dentro de dez segundos.

 

4-5-4 Bola no Green de golfe ou num terreno em manutenção

É proibido jogar uma bola do relvado do campo de golfe ou de um terreno em manutenção (a menos que seja explicitamente permitido por uma regra local). Se uma bola ficar parada nestas áreas, deve ser retirada pelo próprio jogador, com extremo cuidado, e depois proceder de acordo com a regra de equidistância para campo de golfe ou ponto de alívio mais próximo do terreno em manutenção. Além disso, é estritamente proibido correr no Green de golfe, podendo o jogador apenas dar passos suaves para chutar a bola para fora de lá. No terreno em manutenção, além de não ser permitido correr, também não se pode chutar a bola.

 

A penalidade por violar esta regra é a desqualificação.

 

Nota: A bola pode passar por um Greende golfe ou um terreno em manutenção se for chutada de fora.

 

4-5-5 Marcação no Green

Em caso de vento forte ou condições perturbadoras, se a bola se mexer no green, o jogador pode chutá-la sem remover o marcador de bola, de forma a conseguir colocá-la na posição original.

No Green, o jogador pode marcar a bola e limpá-la.

 

4-5-6 Manuseamento da bandeira

Antes de executar um remate de qualquer ponto do campo, o jogador pode retirar a bandeira se desejar, mas em nenhum momento a bandeira pode assistir uma jogada . Se a bandeira não for removida antes de o jogador executar o remate, não pode ser removida durante o mesmo nem se a bola já estiver em movimento.

 

Quando a bola fica encostada à bandeira que está dentro do buraco, o jogador que jogou antes (e que está perto do buraco) deve recolocar a bandeira verticalmente, se a bola cair no buraco, é considerada uma “bola dentro”, sem toques adicionais. Se a bola não caiu no buraco ou se saiu da posição em que estava, deve ser colocada na borda do buraco, sem nenhuma penalidade.

 

O jogador não pode segurar a bandeira e rematar ao mesmo tempo.

 

A penalidade por infringir esta regra é de +1 remate para o jogador que segura a bandeira e para o jogador que chuta.